DENUNCIADO

Vendedor de carro é acusado de aplicar golpes em Mogi

Polícia Civil abriu inquérito para apurar crime contra uma idosa. (Foto: Divulgação)
Polícia Civil abriu inquérito para apurar crime contra uma idosa. (Foto: Divulgação)

O vendedor Luiz Flávio Conz Nogueira Nunes, de 38 anos, é acusado de aplicar o ‘golpes da compra de veículos’ em Mogi das Cruzes, São Paulo e cidades do Interior. A informação ontem a O Diário foi do advogado José Beraldo. Representando a sua cliente, a idosa Ana Maria de Campos, de 73 anos, ele requisitou a abertura de inquérito policial no Distrito Central sobre estelionato, apropriação indébita e receptação. O fato foi confirmado, na tarde de ontem, pelo delegado titular Argentino da Silva Coqueiro.

Segundo a autoridade, “já está tramitando o inquérito 866/2018 presidido pelo delegado Queiroz (assistente Benedito Henrique Righi Queiroz), mas se tiverem outras queixas em nossa área também serão abertos procedimentos para apurar o crime”.

De acordo com o advogado Beraldo, “Luiz Flávio se aproxima das vítimas e depois de ganhar confiança faz a oferta para comprar o automóvel. No caso de dona Ana, a minha sogra, ele pegou o Mitsubishi MMC/ABX, avaliado em R$ 70 mil, em 13 de novembro do ano passado. Na ocasião, disse que precisava de um desconto para fazer reparos no carro. Enfim, ele pegou o veículo, o recebo e ficou de depositar o dinheiro, o que não aconteceu”.

A Polícia Civil ainda irá intimar o acusado Luiz Fávio à delegacia para dar explicações. A pedido de Beraldo o carro foi bloqueado e está sujeito à apreensão. A reportagem tentou contato com o vendedor denunciado, mas não teve sucesso.

“Para complicar a situação da vítima Ana, o vendedor pegou o Mitsubishi e o repassou para outra pessoa, a qual, conforme apuramos, com a finalidade de ressarcir o golpe que praticoyu contra ela, ou seja, o carro está em mãos de terceiro”.