INFORMAÇÃO

Vereador Caio fará mestrado em Israel

Curso é de Administração de Cidades Inteligentes e Sustentáveis e dura um ano

O vereador Caio Cunha (PV) iniciou, ontem, um curso de mestrado em Administração de Cidades Inteligentes e Sustentáveis. Durante um ano ele receberá informações sobre as cidades do futuro e como administrar tais espaços com os olhos voltados para as pessoas, utilizando todo tipo de inovação e técnicas em políticas democráticas visando garantir uma melhor gestão. O político mogiano foi um dos beneficiados com uma bolsa de estudos que irá permitir que ele faça uma parte do curso junto à Uninove, em São Paulo, e outra na cidade de Haifa, em Israel, onde terá contato com estilos diferentes de administração e de vida, que poderão lhe oferecer subsídios importantes durante o mestrado. Para alcançar o seu objetivo, Caio conviveu, nos últimos quatro meses, com uma verdadeira maratona de entrevistas e testes práticos, como parte de um processo de escolha, para o qual foi convidado e incentivado por Humberto Dantas, que, a exemplo do mogiano, integra a Rede Ação Política pela Sustentabilidade (Raps). Nesta caminhada, Caio admite que foi beneficiado por sua condição de vereador, que lhe abre perspectivas de colocação em prática dos ensinamentos que receber durante o curso. Caio está otimista com o desafio que terá pela frente, mas ainda não sabe por quanto tempo terá de se licenciar da Câmara para cumprir o período de estudos fora do País. Até lá, o político pretende dar continuidade ao “Vamos Ocupar a Cidade” (VOC), um programa de formação política para jovens, que visa preparar candidatos a vereador por Mogi nas próximas eleições, hoje com 214 inscritos. Segundo ele, o projeto pretende lançar pelo menos 70 candidatos à Câmara, divididos entre dois partidos. Um deles será o Podemos, para o qual Caio Cunha pretende se transferir, em março do próximo ano. Todos esses planos são sintomas muito claros de que o vereador prepara caminho para ser candidato a prefeito de Mogi em 2020? É bem provável que isso ocorra, embora ele não dê tal fato como certo. Para o vereador, ainda é muito cedo para se falar no assunto, embora admita também que não está nos seus planos voltar a disputar uma vaga na Câmara. “Tudo vai depender dos rumos da política”, diz, lembrando que pode até mesmo não se candidatar a cargo algum nas próximas eleições para dar continuidade aos estudos e ao processo de formação de novos políticos. Caio demonstra absoluta tranquilidade em relação ao futuro, não importa qual venha a ser. Até porque tem notícias privilegiadas de que seu nome tem aparecido – e bem – nas pesquisas eleitorais, feitas até agora na cidade.

Trânsito – 1

A vereadora Fernanda Moreno (PV) está sugerindo a reabertura do espaço existente na Avenida Narciso Yague, próximo à agência do INSS, no Shangai, fechado durante as mudanças de trânsito naquela região. Tal passagem serviria como retorno para quem desce a Avenida Narciso Yague, possibilitando o acesso à subida da mesma via e funcionando no sentido contrário do que era usado anteriormente.

Trânsito – 2

O leitor Marcel Dias, morador do Shangai, autor de seguidas cobranças para a reinstalação de passagens para idosos e cadeirantes junto ao trecho modificado da Avenida Narciso Yague, liga para agradecer o trabalho realizado pela Secretaria dos Transportes. “Na hora da cobrança, fomos insistentes e, por isso, temos de reconhecer a importância da obra ali executada”, disse ele à coluna.

Azedou

Não convidem para a mesma festa o ex e o atual prefeito de Mogi das Cruzes. O relacionamento entre Marco Bertaiolli (PSD) e Marcus Melo (PSDB), um tanto instável nos últimos tempos, parece ter se destemperado de vez após as críticas do primeiro, numa rede social, pela não programação de um show para idosos no aniversário da cidade. A resposta veio por meio de um funcionário do Fundo Social, José Luiz Furtado, divulgando dados sobre investimentos do atual governo em favor de instituições que cuidam dos idosos, devidamente comparados aos do governo anterior.

Comunidade

Mais de 300 pessoas já se inscreveram para participar, na manhã do dia 31, do Revitaliba Mogi, que promete limpar ruas e praças do centro da cidade, na véspera do aniversário de Mogi. Inspirado em movimento semelhante, da Liberdade, em São Paulo, o evento mobiliza empresas e entidades ligadas à comunidade japonesa, o Consulado do Japão e o Bunkyo mogiano. Segundo o vereador Pedro Komura (PSDB), está confirmada a participação do cônsul-geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi.

Frase

Se Doria quer candidatura, Bolsonaro é adversário.

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, apoiando o distanciamento crítico que o governador João Doria vem procurando manter do presidente Jair Bolsonaro