INFORMAÇÃO

Vicinais na mira do Google e do governo

Iniciativa quer colocar no mapa virtual cerca  de 2 milhões de pessoas

O governador João Doria Junior firmou parceria, ontem, com a diretoria do Google para o mapeamento de estradas rurais e criação de endereços digitais para cerca de 340 mil propriedades de 645 municípios do Estado, entre eles os do Alto Tietê. A produtora Eliana Tomita foi a primeira da região a receber o código que integra sua propriedade, na zona rural de Salesópolis, ao endereçamento digital das propriedades rurais, por meio da tecnologia Plus Codes, ferramente gratuita criada pelo Google que converte coordenadas de latitude e longitude, fornecidas por satélite em códigos curtos, semelhantes aos códigos postais. A parceria ajudará incorporar essa tecnologia ao sistema interno do Governo do Estado, que disponibilizará o endereço digital ao residentes das áreas rurais. Além de colocar as propriedades rurais no mapa para serem acessadas via plataformas como Waze e pela Polícia Militar ou Correios. O projeto vai facilitar atuação de empresas privadas, cooperativas e associações de produtores, a logística e a distribuição de produtos agropecuários. O processo de cadastramento, que vai incluir no “mapa” do Google muitas estradas rurais desconhecidas começará a ser feita no início do próximo ano e deverá contar com a ajuda da Secretaria de Estado da Agricultura, cujos técnicos costumam visitar essas regiões mais isoladas. Em 36 meses, o Google espera ter toda a comunidade rural do Estado de São Paulo em seu banco de dados. A partir do mapeamento, o programa espera reforçar a atuação estratégica da Polícia que passará a ter maior facilidade no atendimento a problemas de segurança pública. O programa deverá distribuir os mapas para os órgãos estaduais e também o compartilhamento com a iniciativa privada de forma a melhorar a universalizar os aplicativos de rotas, como Google Maps e outros. Iniciativas semelhantes já existem em outros pontos do mundo, mas segundo o governo, é ainda inédita na América Latina.

Novos diáconos

Os seminaristas suzanenses, Dênis de Jesus das Neves, e Jonas Cunha da Silva, ambos de 26 anos, receberão a ordenação diaconal, pelas mãos do bispo diocesano, dom Pedro Luiz Stringhini, às 9 horas do sábado, dia 28, na Catedral de Santana, em Mogi. O diaconato é o primeiro grau do sacramento da ordem, em que os religiosos passam a se dedicar ao serviço da Igreja, auxiliam padres nas missas e proclamam o Evangelho. Após alguns meses, os dois passarão ao segundo grau da ordem, que é o sacerdócio. Ou seja, tornam-se padres.

Vida difícil

Antes mesmo de assumir o cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Estado, o desembargador eleito, Geraldo Francisco Pinheiro Franco, de família mogiana, sabe que terá dificuldades pela frente. Numa reunião com o atual mandatário do TJ, desembargador Manoel Pereira Calças, discutiu-se com deputados e representantes do governo estadual o Orçamento do próximo ano. Os presidentes se mostraram preocupados, principalmente, com a dotação orçamentária para pessoal e encargos sociais neste ano, com um débito em torno de R$ 360 milhões. A previsão é de fechar o futuro Orçamento em R$ 9,7 bi.

Homenagem

O futuro Complexo Integrado de Atendimento à Saúde (CIAS), em construção junto à avenida Pedro Romero, no distrito de César de Souza terá o nome do vereador Olimpio Osamu Tomiyama, falecido em 17 de junho passado. A proposta de homenagem póstuma, enviada à Câmara pelo prefeito Marcus Melo (PSDB), está sendo analisada pelas comissões permanentes, antes de ir a plenário para ser votada. Olimpio foi vereador por 34 anos, durante oito mandatos consecutivos.

Repúdio

A Câmara de Mogi aprovou voto de repúdio, de iniciativa do vereador Rodrigo Valverde (PT), aos policiais militares que “realizaram ação truculenta” na comunidade de Paraisópolis, na zona Sul de São Paulo. De mesmo autor, também foi aprovado o pesar aos familiares de adolescentes e jovens que faleceram ou foram feridos pelos policiais que invadiram um baile funk naquela localidade.

Frase

De um burro, nós esperamos um coice. Um burro, de nós, não espera nada.

Noel Rosa (1910-1937), sambista, cantor, compositor e um dos mais importantes artistas do Brasil


Deixe seu comentário