NOVIDADE

Volkswagen inicia a pré-venda do SUV compacto T-Cross

transport concept of empty concrete small narrow car road between green trees in mountain nature scenery environment and space for copy or text; Shutterstock ID 1156737319; Ordem de Compra/ID: -; Cliente e Job: -; CNPJ do Cliente: -; Data de Vencimento (Nota): -
O VW T-Cross tem preço inicial de R$ 85 mil, a versão 200 TSI com câmbio manual e motor 1.0 turbo de 128 cv (Divulgação)

A Volkswagen apresenta o modelo que é a nova referência do segmento de SUVs compactos no mercado brasileiro: o T-Cross, que chega às revendas da marca no País em março com preço a partir de R$ 84.990. O T-Cross está sendo apresentado com uma atração especial: começa nesta terça-feira, 19, a pré-venda do modelo. O anúncio foi realizado em São José dos Pinhais (PR), em evento que comemora os 20 anos da fábrica paranaense, onde o T-Cross é produzido.
O T-Cross tem quatro versões: T-Cross 200 TSI (a única a trazer o câmbio manual de seis marchas); T-Cross 200 TSI Automático; T-Cross Comfortline 200 TSI e T-Cross Highline 250 TSI – todas essas equipadas com o câmbio automático de seis marchas.
O T-Cross oferece itens exclusivos no segmento, como o painel de instrumentos totalmente digital (Active Info Display), seletor de perfil de condução, Controle de Estabilidade (ESC) de série, bloqueio eletrônico do diferencial, Park Assist 3.0, suporte para smartphone no painel, quatro entradas USB (inclusive para o banco traseiro), iluminação ambiente em LED e acabamento com apliques decorativos no painel.

A pré-venda do T-Cross começa hoje, dia 19, e o modelo chega às concessionárias em março (Divulgação)

Além de todos esses equipamentos únicos, o T-Cross também conta com faróis full-LED, seis airbags, saída de ar-condicionado para o banco traseiro e teto solar panorâmico, entre outros recursos.
O T-Cross tem exclusivamente motores TSI, que combinam injeção direta de combustível e turbocompressor para entregar alta eficiência energética e prazer ao dirigir. O motor 200 TSI Total Flex desenvolve potência de até 128 cv (94 kW) a 5.500 rpm, com etanol – com gasolina, são 116 cv (85 kW), à mesma rotação. O torque máximo é de 200 Nm (20,4 kgfm), com gasolina ou etanol, sempre na faixa de 2.000 a 3.500 rpm.

Interior do T-Cross segue o design do Polo, modelo que serviu de inspiração para o SUV compacto (Divulgação)

Esse motor pode ser combinado a duas opções de câmbio, ambas de seis marchas: manual (exclusivamente na versão 200 TSI) ou automática com função Tiptronic, que também conta com as aletas no volante para troca de marcha.
O motor 250 TSI Total Flex equipa a versão Highline. Gera potência de até 150 cv (110 kW), com gasolina ou etanol, a 4.500 rpm. O torque máximo, também com ambos os combustíveis, é de 250 Nm (25,5 kgfm), o maior torque da categoria. Esse motor é combinado exclusivamente à transmissão automática de seis marchas com função Tiptronic e aletas para trocas no volante.

Pré-venda
A pré-venda do T-Cross será feita exclusivamente por meio do site vw.com.br/prevenda. O cliente deve acessar o site, preencher um cadastro e efetuar o pagamento da entrada de R$ 5 mil para efetuar a reserva. Feito isso, o cliente será contatado pela Volkswagen para receber mais informações e concluir o pagamento.
São 800 unidades disponíveis no período de pré-venda, divididas em duas versões: Comfortline 200 TSI e Highline 250 TSI, a opção mais refinada do modelo, a R$ 109.990.