ENTRETENIMENTO

À distância, dupla leva diversão aos pequenos

PELA INTERNET Entre outras dinâmicas, Tatá e Guaraná promovem caças ao tesouro e ensinam a fazer brinquedos com materiais recicláveis. (Foto: divulgação)
PELA INTERNET Entre outras dinâmicas, Tatá e Guaraná promovem caças ao tesouro e ensinam a fazer brinquedos com materiais recicláveis. (Foto: divulgação)

Durante a pandemia, o público adulto tem contado com ampla oferta de lives, principalmente shows dos mais variados estilos musicais. Também há grande oferta de conteúdo para crianças, que dispõem de programação específica, como os vídeos lúdicos e divertidos da Tatá e do Guaraná, recreadores mogianos que postam conteúdos nas redes sociais para envolver toda a família.

Tatá é Tabata Sousa, e Guaraná é Jonas Magalhães. Juntos, mais do que os personagens divertidos que podem ser vistos em lives semanais (às terças, quintas e sábados no Instagram e aos domingos no Facebook), eles formam um casal que se dedica à própria empresa de animação desde 2018.

A história deles começou muito antes, na verdade. Se conheceram em 2011, mas trabalham com monitoria infantil há mais de uma década. “A gente fazia muitas coisas externas, como acampamentos e atividades em hotéis”, explica Tatá, que quando criança “não tinha acesso às brincadeiras ensinadas nestes locais”.

O objetivo então é fazer com que mais crianças conheçam atividades e dinâmicas que só se costuma ver em hotéis, resorts, clubes e festas de aniversário. Antes da pandemia o casal vinha fazendo isso com projetos presenciais, como o ‘Gibi no Parque’, que levava brincadeiras com incentivo à leitura para parques públicos, como o Centenário, em Mogi. Agora, impedidos de fazer isso, apostam na internet.

“As redes sociais possibilitam vivências maior do que antigamente”, diz Tatá. De fato, há não muito tempo era necessário descobrir atividades em almanaques impressos ou outros meios analógicos, mas hoje é possível consumir este tipo de conteúdo gratuitamente, em vídeos como os da divertida dupla.

Tatá e Guaraná afirmam que “a recreação anda de mãos dadas com a pedagogia”, e por isso promovem brincadeiras que desenvolvam habilidades nos pequenos, como a criatividade e imaginação. “Fazemos músicas recreativas para mexer com a lateralidade e o raciocínio, oficinas de arte para ensinar a fazerem os próprios brinquedos a partir de materiais de papelarias ou reutilizar itens que já se tem dentro de casa”, detalham.

É claro que a agenda não para por aí. “Contamos histórias de duas formas: dentro de uma barraca de acampamento e também abrindo um baú e tirando objetos de dentro”, diz Tatá, animada. Existem ainda dezenas de outras dinâmicas, como caças ao tesouro, atividades de quadra e muitas propostas para que a diversão continue além da telinha.

“Nosso intuito, quando ensinamos algo, é fazer com que a criança a brinque fora da internet. Muitas delas, depois dos vídeos, postam stories e fotos brincando com os pais e irmãos, e a ideia é essa mesmo, levar o conteúdo para a vida”, acreditam os animadores.

O foco do trabalho é “não deixar morrer a criança de antigamente”, aquela que fazia os próprios brinquedos e se divertia mesmo com pouco, com “comidinha de barro”, por exemplo. E o interessante é que, diferentemente de marcas como Lucas Netto ou Galinha Pintadinha, Tatá e Guaraná estão aqui, em Mogi, perto das crianças, o que gera proximidade.

“Tudo o que a gente faz, mesmo sendo pequeno, vem de certa bagagem, não estamos lendo script. Estamos ali de coração e alma, para brincar com crianças”, define Tatá, que é formada em Administração e portanto é a responsável pelas “burocracias” relacionadas ao trabalho. Já Guaraná, educador físico, é tido como o “grande mestre criativo” da dupla.

Unidas, as habilidades do casal tecem conteúdos gratuitos e com classificação livre, que podem ser consumidos por toda a família. Prova disso é a participação de vários pais e responsáveis nos vídeos. “Quando as crianças são muito pequenas eles entram ao vivo para brincar, e quando elas são maiores, seguram o celular para que elas possam participar”.

Em especial na pandemia, o cronograma de vídeos gravados e lives é pensado para entreter crianças de todas as idades, que antes dividiam a energia entre a escola e a casa, mas agora estão somente em casa.

O segredo para continuar prendendo a atenção delas mesmo após horas de atividades é simples. “Perguntamos a elas o que gostariam de ver, e adaptamos isso com conteúdos educativos”, encerram Tatá e Guaraná, que prometem projetos novos, como uma peça de teatro online e também um “livrão digital e gratuito, com atividades relacionadas a questão da prevenção ao novo coronavírus”, além de camisetas e outros produtos com a marca da dupla.


Deixe seu comentário