Diário Logo

O Diário Logo

Suspeita de chefiar o tráfico de drogas é presa pela GCM, em Itaquá

Durante a operação, agentes também desativaram uma ‘casa bomba’ localizada na região do Marengo Baixo

24 de junho de 2024

GCM estima quase R$ 50 mil de prejuízo para o tráfico regional | Divulgação

Reportagem de: O Diário

Uma mulher suspeita de chefiar o tráfico na região do Marengo Baixo, em Itaquaquecetuba, foi presa pela Guarda Civil Municipal durante a operação Guardiã Azul. Durante a ação dos agentes, uma “casa bomba” – local usado para armazenar drogas – foi desativada.

A operação aconteceu na noite de quinta-feira (20). De acordo com o registro, as equipes estavam em patrulha quando avistaram uma mulher que, ao notar a presença das viaturas, tentou fugir. Em seguida, os agentes iniciaram as buscas pela suspeita, quando encontraram uma bolsa contendo 94 buchas de maconha, 237 porções de cocaína e 194 pedras de crack. 

Durante a abordagem, a mulher confessou estar no local para abastecer o tráfico no bairro e revelou a localização da casa onde coletou as drogas.

No imóvel identificado, a equipe confirmou a informação e encontrou uma grande quantidade de entorpecentes, sendo 3.361 porções de cocaína, 450 unidades de crack, 195 pinos de drogas K, 171 buchas de maconha, além de R$ 1.723,00 em dinheiro e dois rádios comunicadores. 

O total estimado de prejuízo para os traficantes foi de R$ 47,7 mil. O caso foi apresentado na Delegacia Central.

Ainda durante a operação, a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) apreendeu mais 43 porções de cocaína, 22 pinos de drogas K, 13 unidades de crack e 11 buchas de maconha. 

Veja Também