Diário Logo

Notizia Logo

Amac vence licitação para operar o Bom Prato de Jundiapeba

A Amac, empresa que administra o Restaurante Bom Prato localizado na área central da cidade será a mesma que deverá operacionalizar a futura unidade fornecedora de comida a preços subsidiados, a ser instalada no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes. A empresa venceu a concorrência aberta com esta finalidade. Segundo informações, desde agosto do […]

22 de fevereiro de 2022

Reportagem de: O Diário

A Amac, empresa que administra o Restaurante Bom Prato localizado na área central da cidade será a mesma que deverá operacionalizar a futura unidade fornecedora de comida a preços subsidiados, a ser instalada no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes. A empresa venceu a concorrência aberta com esta finalidade. Segundo informações, desde agosto do ano passado, a Prefeitura de Mogi já conta com R$ 1 milhão  de emenda do deputado Bertaiolli para a instalação do restaurante. Ao todo, serão disponibilizados R$ 2,5 milhões de emendas federais para o projeto. A Amac é presidida pelo médico mogiano Sidnei Mori.

Ministro Tarcísio, de Infraestrutura, visita a via Dutra, em Santa Isabel
O titular do Ministério  de Infraestrutura e virtual candidato a governador de São Paulo pelo grupo de Jair Bolsonaro, Tarcísio Gomes de Freitas, estará no próximo dia 4 de março, em Santa Isabel.  No trecho da Via Dutra que corta aquele município acontecerá a solenidade de assinatura de renovação de contrato com a concessionária Nova Dutra, que continuará administrando a mais importante e movimentada rodovia brasileira. 

Na oportunidade, o ministro deverá anunciar investimentos de cerca de R$ 15 bilhões  para transformar a Rodovia Presidente Dutra (SP-RJ) na mais moderna estrada do País, com avenidas paralelas, pedágios por km rodado, conexão com internet em toda a rodovia, além de plenas condições de segurança e trafegabilidade.

Mas árvores para Mogi
São do ex-vereador biritibano e atual morador de Mogi das Cruzes, Elias Tomé da Silva Pires, as sugestões para a arborização de dois pontos da cidade marcados pelo excesso de cimento e asfalto. 

O primeiro deles é a avenida das Orquídeas, que liga Mogi das Cruzes a Suzano. 

“Ali é cimento de ponta a ponta”, diz ele, ao defender o plantio de árvores às margens das duas pistas daquela via. 
Outro ponto citado por ele é a avenida Cívica, no bairro do Mogilar. 

Apesar de existirem por lá alguns exemplares, o plantio de novas árvores poderia deixar aquele lugar ainda mais aconchegante e com sombras para abrigar a população durante eventos, como o desfile de aniversário da cidade e outros, ali realizados.  Boas ideias para serem colocadas em prática pelo novo secretário do Meio Ambiente.
 

Veja Também