CASO

Assassinato em Itaquaquecetuba é esclarecido

O assassinato cometido a golpes de faca de Alexandre Barros Silva em 27 de outubro de 2018, na estrada do Mandi, em Itaquaquecetuba, foi esclarecido por policiais, do Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes (SHPP). O delegado titular Rubens José Angelo após a identificação do autor do crime, Aluísio Dantas Rodrigues, conhecido como “Lata Velha”, de 49 anos o indiciou indiretamente por homicídio doloso (com intenção) e na tarde de ontem continuava a procura do acusado que está foragido.

Ele relatou que a vítima foi atacada após sair de um salão de forró, recebendo vários golpes de faca no peito. “Foi preciso fazer um trabalho de intensa investigação e de inteligência policial para descobrir a autoria do crime”, afirmou a autoridade, que ainda pediu para a Justiça, no Fórum de Itaquá, a prisão preventiva do marginal.

“Ele (criminoso) é extremamente perigoso, pois já era procurado por praticar os crimes de estupro e tentativa de homicídio em São Paulo. Em seu desfavor já existem dois mandados de prisão preventiva”, disse Rubens Angelo.

O titular da Homicídios acredita que Aluísio tenha fugido para Pernambuco e já fez contato com a Polícia daquele Estado. Na elucidação do crime, o delegado Rubens mobilizou o investigador chefe Marco Antonio, a escrivã Iris e todos os seus policiais do SHPP.


Deixe seu comentário