Diário Logo

O Diário Logo

Motorista de ônibus é morto com tiro após recusar parada fora do ponto em São Paulo

Autor do crime foi um passageiro que utilizava a linha 2007/10 Cid. Kemel II, o qual fugiu em seguida; vítima levou um disparo na cabeça

8 de julho de 2024

Caso foi registrado como homicídio e colisão no 50º DP (Itaim Paulista) | Reprodução/TV Globo

Reportagem de: Ana Lívia Terribille

Um motorista de ônibus, de 26 anos, foi fatalmente baleado por um passageiro na noite deste domingo (7), na Vila Jurema, zona leste de São Paulo. O incidente ocorreu após o passageiro solicitar que o ônibus parasse fora do ponto regular e ter seu pedido negado pelo motorista. Em resposta, o autor disparou um tiro contra a cabeça da vítima e fugiu do local.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), devido ao incidente, o veículo acabou colidindo contra uma residência na rua Visconde de Aljezur, onde a polícia encontrou o motorista ferido gravemente dentro do ônibus.

A SPTrans, responsável pelo transporte municipal, lamentou profundamente o ocorrido e repudiou o ato de violência em nota oficial. “O ônibus da linha 2007/10 Cid. Kemel II – CPTM Itaim Paulista, operado pela Transunião, estava em serviço durante o incidente. Estamos colaborando integralmente com as autoridades policiais para auxiliar nas investigações em andamento”, afirmou a empresa.

Ainda, segundo a SSP, o motorista foi socorrido ao Hospital Santa Marcelina, mas não resistiu aos ferimentos. Exames periciais foram solicitados ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML).

O caso foi registrado como homicídio e colisão no 50º DP (Itaim Paulista), que continua investigando o crime e realizando diligências para localizar e prender o autor do disparo.

Veja Também