MENU
BUSCAR
DESPROTEGIDO

Governo de SP multa Bolsonaro por não usar máscara em passeio de moto

Flagrado por fiscais do governo estadual durante manifestação em São Paulo, o presidente da República foi multado em R$ 552,71.

O Diário Publicado em 12/06/2021 às 13:01Atualizado há 2 meses
Reprodução/Redes Sociais
Reprodução/Redes Sociais

O governo do Estado de São Paulo autuou o presidente da República Jair Bolsonaro, na manhã deste sábado (12), após equipes da Saúde e Segurança Pública flagrarem o político sem máscara durante uma manifestação na Capital. O valor da autuação é de R$ 552,71.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também recebem autuações no valor de R$ 552,71 para cada devido ao não uso de máscaras. 

O documento endereçado às três autoridades pontua a necessidade da manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias internacionais, como uso de máscara e distanciamento.

O uso de máscaras é obrigatório no Estado de São Paulo desde maio de 2020, conforme Decreto nº 64.959 e resolução SS 96.

Balanço 

A Vigilância Sanitária Estadual realizou, de 1º de julho de 2020 a 31 de maio de 2021, 312.444 inspeções e 7.340 autuações por diversas infrações às normas de prevenção da Covid-19.

O descumprimento das regras de funcionamento sujeita os estabelecimentos à autuações com base no Código Sanitário, que prevê multa de até R$ 290 mil. Pela falta do uso de máscara, a multa é de R$ 5.294,38 por estabelecimento, por cada infrator. Transeuntes em espaços coletivos também podem ser multados em R$ 552,71 pelo não uso da proteção facial.

O governo de SP conta com a colaboração da população tanto para respeitar as normas quanto para colaborar no combate a irregularidades, e recebe denúncias 24 horas por dia pelo telefone 0800 771 3541 ou e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br.

ÚLTIMAS DE Brasil