COMANDO

Câmara de Mogi critica troca da médica Rosângela Cunha, a doutora Nenê, na Secretaria de Saúde

SESSÃO Vereadores aprovaram ontem a indicação de aplausos e congratulações à médica Rosângela Cunha pelos trabalhos realizados na Secretaria de Saúde. (Foto: divulgação)
SESSÃO Vereadores aprovaram ontem a indicação de aplausos e congratulações à médica Rosângela Cunha pelos trabalhos realizados na Secretaria de Saúde. (Foto: divulgação)

A destituição da médica Rosângela Débora Cunha, a doutora Nenê, do cargo de secretária-adjunta da pasta municipal da Saúde foi muito criticada pelos vereadores da cidade, que não economizaram elogios à médica, considerada por eles “uma das profissionais mais dedicadas, prestativas e competentes na área”. A maioria dos parlamentares se pronunciou sobre o assunto na sessão de ontem ao aprovar uma indicação de aplausos e congratulações à profissional pelo trabalho realizados por ela como coordenadora do Banco de Leite Humano de Mogi.

A indicação foi apresentada ontem pelo vereador Diego Martins (MDB), o Diegão. Porém, na sessão de terça-feira, o Legislativo também já tinha aprovado outro requerimento do vereador Edson Santos (PSD) com as mesmas homenagens. Segundo os parlamentares, essa foi uma forma de demonstrar que a Câmara “reprova” a troca.

Os vereadores cobram explicações da Prefeitura sobre o que motivou a substituição de Rosângela pela enfermeira Rebeca Barufi. Os que já atuaram como secretário de Saúde da cidade, como Chico Bezerra (PSB) e Claudio Miyake (PSDB), fizeram questão de falar sobre a “competência, o envolvimento e a disposição da Drª Nenê em ajudar as pessoas”, entre outros elogios que foram confirmados em pronunciamentos dos demais colegas.

Questionada sobre a mudança na direção da Pasta, a Secretaria Municipal de Saúde informa que “está promovendo um remanejamento de algumas funções visando novos projetos em diversas áreas, principalmente na atenção básica”. A médica, segundo nota encaminhada pelo secretário de Saúde, Henrique Naufel, é pediatra concursada e continuará à frente do Banco de Leite.

Na sessão de ontem foi aprovada também a moção de pesar pela morte do ex-vereador Tarcísio Damasio. A dedicação dele e o trabalho realizado no distrito de Braz Cubas, onde morava, foi destacada nos discursos dos políticos.

Poupatempo

Foi aprovada ainda a moção do vereador Clodoaldo de Moraes (PL) pedindo para o governo acelerar a abertura do posto do Poupatempo da cidade. Cabe salientar, no entanto, que o Estado anunciou que a unidade de Mogi voltará a atender na próxima quarta-feira, dia 19.


Deixe seu comentário