Diário Logo

O Diário Logo

Projeto da Nachi Brasil reconhece a importância das mulheres para a empresa

“Faces: Você Faz a diferença” ressalta a importância das colaboradoras e enfatiza sua força para a realização dos próprios sonhos.

19 de abril de 2024

Nachi Brasil realizou ação de reconhecimento da importância das mulheres para a empresa. | Divulgação

Reportagem de: Especial AGFE

A Nachi Brasil realizou o projeto “Faces: Você Faz a diferença” no último mês, como forma de reconhecer e valorizar a força feminina no mês dedicado às mulheres. A iniciativa contou com uma multiprogramação, a fim de fortalecer o vínculo entre elas e também com a empresa.

O fundamento do projeto foi reforçado no nome escolhido para ele: “Faces: Você Faz a Diferença”, que destacou a multiplicidade de papéis e contribuições das mulheres na Nachi, ao celebrar o impacto positivo que cada uma delas tem na empresa, ao passo que cada face (mulher) representa uma parte essencial do sucesso da Nachi e, juntas, elas fazem uma diferença significativa no crescimento e na excelência da empresa.

Não por acaso, no dia 8 de março a agenda começou já na recepção às colaboradoras, pois uma enorme faixa foi estendida na entrada da empresa para homenagear todas as mulheres. No lob de entrada da fábrica também foi posicionado um painel com as fotos (faces) de cada uma das colaboradoras como forma de “dar cara a quem contribui de forma tão efetiva para os negócios da empresa”.

Complementando uma programação específica para esse mês, no dia 21 de março, após um almoço com cardápio especial, foi realizada a palestra com tema “você conhece sua verdadeira força”?, proferida por Viviane Matos, seguido de uma linda homenagem a Toiko Tereza Sagayama, que se tornou a primeira mulher a ocupar um cargo de liderança na história da Nachi Brasil, além de compartilhar sua trajetória de vida, ela iniciou sua carreira profissional aos 16 anos de idade na lavoura e convicta do seu sonho em trabalhar na indústria, lutou contra os pré-conceitos da época para realizar seu sonho profissional. Logo, sua trajetória na Nachi iniciou-se em 1 de Julho de 1975, que se estende até hoje.

Durante o evento, funcionárias puderam refletir sobre temas comuns ao dia a dia e na vida pessoal e profissional | Divulgação

“Conhecer outras realidades e também dividir as dificuldades do dia a dia e compartilhar as soluções é muito importante quando se fala do universo feminino. Ainda que as realidades sejam particulares, muitas demandas são comuns. Por isso, levamos temas como carreira, autoestima, inspiração e ouvimos de que forma a Nachi pode ser uma empresa melhor para elas”, pontuou Luane Luiza da Costa, analista de Marketing da Nachi.

Para que as mulheres pudessem reconhecer o potencial de para realização dos próprios sonhos, a corretora de seguros, atleta e estudante de Educação Física, Viviane Matos, foi convidada para compartilhar a trajetória de vida com as colaboradoras. Em 2017, ela foi diagnosticada com câncer de mama agressivo.

“Quando eu tive esse diagnóstico, eu pensei que a vida tinha acabado para mim. Chorei por uma semana, porque pensei que iria morrer. Depois pensei no que eu tinha que fazer, deveria passar pelos protocolos e não deixei mais a felicidade de lado, eu me cercava de gente feliz e eu queria ter positividade para enfrentar tudo isso”, contou a às colaboradoras.

Durante mais de dois anos, Viviane passou por tratamento e enfrentou também o preconceito, sobretudo por ter ficado careca e decidido não usar peruca. No trabalho, nas ruas e até na família ela vivenciou a rejeição das pessoas.

“Eu tive que experimentar um diagnóstico como esse para viver tudo isso na minha vida. Problemas todas nós temos, seja financeiro, familiar, doença. Mas nós somos reconhecidas por sermos guerreiras. Eu, por exemplo, comecei a jogar vôlei somente aos 44 anos. Antes eu só pagava academia, mas não ia. Hoje eu tenho uma qualidade de vida que não tinha antes”, ressaltou.

Após conhecer esse exemplo de empoderamento feminino, as funcionárias foram presenteadas com um de cuidado pessoal, forma de ratificar o compromisso contínuo da Nachi em valorizar e fortalecer as mulheres que fazem parte da empresa. “O resultado foi dentro daquilo que nós esperávamos, que era inspirar, motivar e capacitar nossas colaboradoras, fortalecendo ainda mais a cultura de diversidade, igualdade e inclusão. Juntas, nós podemos alcançar grandes feitos e continuar fazendo a diferença, dentro e fora da empresa”, avaliou Luane.

Para conhecer mais sobre a Nachi Brasil, é só acessar o site da empresa.

Veja Também