Diário Logo

O Diário Logo

6 esportes em que o Brasil tem mais medalhas nas Olimpíadas

Entre 26 de julho e 11 de agosto acontecem as Olimpíadas de Paris 2024. O Brasil, que participa da competição desde 1920, se destaca em várias modalidades e possui um dos melhores desempenhos entre as nações sul-americanas. O país acumula 150 medalhas, sendo 37 de ouro, 42 de prata e 71 de bronze. A seguir, […]

10 de julho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Entre 26 de julho e 11 de agosto acontecem as Olimpíadas de Paris 2024. O Brasil, que participa da competição desde 1920, se destaca em várias modalidades e possui um dos melhores desempenhos entre as nações sul-americanas. O país acumula 150 medalhas, sendo 37 de ouro, 42 de prata e 71 de bronze.

A seguir, confira 6 esportes que o Brasil tem mais medalhas nas Olimpíadas!

1. Judô: 24 medalhas

O judô se tornou oficialmente uma modalidade olímpica nos jogos de Munique em 1972. O esporte é dividido em sete categorias de peso tanto para o masculino quanto para o feminino. São eles:

  • Masculino: 60kg, 66kg, 73kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg
  • Feminino: 48kg, 52kg, 57kg, 63kg, 70kg, 78kg e +78kg

O Brasil possui 24 medalhas no judô. Os atletas que mais se destacaram no esporte são Aurélio Miguel, Rogério Sampaio, Sarah Menezes e Rafaela Silva, pois conquistaram o ouro para o país. As últimas medalhas foram obtidas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, sendo duas de bronze recebidas por Daniel Cargnin, na categoria de peso 66kg, e por Mayra Aguiar, no peso 78kg.

2. Atletismo: 19 medalhas

O atletismo é uma das modalidades mais tradicionais e prestigiadas nas Olimpíadas. As provas, como as conhecemos hoje, incluem corridas rasas, com barreiras e obstáculos, marcha atlética, revezamentos, saltos, arremessos e lançamentos, além de combinadas (decatlo e heptatlo).

O Brasil possui 19 medalhas na modalidade, sendo 5 de ouro. Algumas delas foram obtidas por atletas consagrados, como Adhemar Ferreira da Silva, o primeiro atleta brasileiro bicampeão olímpico, e Vanderlei Cordeiro de Lima, que conquistou a medalha de bronze na maratona dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004.

Inclusive, Vanderlei é o único brasileiro a receber a medalha Pierre de Coubertin, a maior honraria do Comitê Olímpico Internacional. As últimas medalhas conquistadas no atletismo foram de bronze, em Tóquio, com Alison dos Santos, nos 400m com barreira, e Thiago Braz, no salto com vara.

Martine Grael e Kahena Kunze em prova de vela nas olimpíadas do Rio de Janeiro
Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram a medalha de ouro nos jogos do Rio e de Tóquio (Imagem: Salty View | Shutterstock)

3. Vela: 19 medalhas

A modalidade de vela tem diversas classes, que costumam variar no programa olímpico. Nos Jogos de Paris 2024, haverá 10 classes, definidas pelos tipos de barco, vela e outras especificidades. Esse esporte não depende apenas das habilidades físicas e estratégias dos atletas, mas também de um profundo conhecimento do vento e do mar. 

A vela é uma potência olímpica brasileira, com 19 medalhas no total, sendo a modalidade com o maior número de medalhas de ouro para o Brasil (8 no total). No esporte, se destacam Robert Scheidt e Torben Grael, ambos com 5 medalhas. Além disso, a dupla Martine Grael e Kahena Kunze possui um histórico impressionante nas Olimpíadas, com ouro em 2016, no Rio, e em 2020, em Tóquio.

4. Natação: 15 medalhas

A natação está presente nos Jogos Olímpicos desde a edição de Atenas em 1896. Porém, passou a ser realizada em piscinas nos Jogos de Londres em 1908. Nas provas olímpicas, as competições são divididas pelos estilos de nado: peito, costas, borboleta e livre, incluindo individuais e de revezamento.

No Brasil, Gustavo Borges é o maior medalhista da modalidade, com 4 conquistas. Bruno Fratus e Fernando Scheffer conquistaram medalhas de bronze nos Jogos de Tóquio, adicionando à história de sucesso da natação brasileira nas Olimpíadas, que soma 15 medalhas.

5. Vôlei de praia: 13 medalhas

O vôlei de praia emergiu como uma atividade improvisada e divertida nas praias da Califórnia, conquistando rapidamente o mundo. Foi introduzido como modalidade olímpica nos Jogos de Atlanta em 1996. No ano de estreia do esporte nas Olimpíadas, o Brasil fez dobradinha no pódio com as duplas Jaqueline e Sandra, e Mônica e Adriana Samuel. Com 13 medalhas, o país se destaca como uma potência no vôlei de praia olímpico.

6. Vôlei: 11 medalhas

O vôlei foi oficialmente incluído no programa olímpico nos Jogos de Tóquio em 1964. Ao longo das edições olímpicas, o Brasil acumulou 11 medalhas na modalidade. As equipes masculina e feminina brasileiras têm sido protagonistas em sucessos memoráveis, demonstrando performances excepcionais que garantiram vitórias históricas. Com destaque para Serginho, um dos maiores medalhistas olímpicos do país, com 4 conquistas. Em 2020, a equipe feminina alcançou a medalha de prata.

Veja Também