MENU
BUSCAR
PANDEMIA

Após recorde, região registra mais 24 vítimas fatais da Covid-19, sendo 10 em Mogi

A situação é grave e o Alto Tietê registrou a primeira morte por falta de leitos de UTI Covid, em Poá; Mogi ultrapassa marco de 800 óbitos

Fábio PalodettePublicado em 18/03/2021 às 19:02Atualizado há 3 meses
Imagem: divulgação
Imagem: divulgação

Um dia após bater recorde, com 57 vítimas notificadas, o Alto Tietê registrou mais 24 mortes de moradores por Covid-19, sendo 10 apenas em Mogi das Cruzes, que está há uma semana com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar pacientes com o novo coronavírus totalmente ocupados. Com o novo balanço, divulgado pelas Vigilâncias Epidemiológicas, a região chega agora a 2.568 vítimas fatais pela doença desde o início da pandemia.

A situação é grave e a região registrou a primeira morte por falta de leitos de UTI Covid-19, em Poá

Novas mortes foram registradas em nove das 10 cidades da região: Arujá (1), Biritiba Mirim (1), Ferraz de Vasconcelos (3), Guararema (1), Itaquaquecetuba (2), Mogi (10), Poá (3), Santa Isabel (2) e Suzano (3). 

Mogi segue liderando o ranking regional da infecção com 803 óbitos confirmados. Na sequência estão Itaquaquecetuba com 490 vítimas e Suzano com 414. 

No acumulado desde o início da pandemia, 66.262 pessoas testaram positivo pro novo coronavírus no Alto Tietê, sendo 343 apenas nas últimas 24 horas. Do montante, 50.187 pacientes conseguiram superar a infecção, que resulta em uma taxa de recuperação de 75%. 

LEIA TAMBÉM: Luiz Henrique Oliveira Lima, ex-gerente da ACMC, morre vítima da Covid

Perto do limite, redes de saúde públicas e privadas do Alto Tietê relatam aumento de infecções entre jovens e também maior tempo de permanência dos pacientes nos hospitais, o que muda a dinâmica de liberação de leitos.

Já a taxa de letalidade da doença estava em 3,8%.

Leitos em colapso

Nos últimos sete dias, Mogi das Cruzes tem mantido 100% de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados aos pacientes em tratamento da Covid-19. Os dados foram atualizados nesta quinta-feira (18) pela Secretaria Municipal de Saúde. 

Atualmente, a cidade conta com 143 leitos de UTI Covid, sendo 103 no setor público e os outros 40 no privado. 

Na enfermaria, a ocupação está em elevação no município, mesmo com a abertura de 46 leitos na Santa Casa, na semana passada. Outros nove de UTI foram criados também no hospital (leia mais). 

ÚLTIMAS DE Cidades