MENU
BUSCAR
INCENTIVO

Câmara de Mogi aprova gratuidade em ônibus para estudantes que vão fazer o Enem

Projeto de lei foi votado em regime de urgência para que a medida já comece a valer na cidade para alunos inscritos nos exames dos próximos dias 21 e 28 de novembro.

Silvia ChimelloPublicado em 17/11/2021 às 18:50Atualizado há 12 dias
Câmara aprova projeto para incentivar os estudantes para fazer a prova do Enem / Divulgação CMMC
Câmara aprova projeto para incentivar os estudantes para fazer a prova do Enem / Divulgação CMMC

O projeto de lei do Executivo que garante a gratuidade da tarifa de ônibus para candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nos dias de prova foi aprovado pela Câmara de Mogi, durante a sessão realizada desta quarta-feira (17). A iniciativa pode inspirar um movimento no Legislativo em defesa do passe livre aos estudantes da cidade.

A matéria, deliberada um dia antes da votação, foi votada com urgência pelo Legislativo para que possa ser sancionada o mais rápido possível, possibilitando assim que o benefício comece a valer para os inscritos nas provas do Enem 2021, programadas para os próximos dias 21 e 28 de novembro.

LEIA TAMBÉM: Em Suzano, participantes do Enem poderão usar ônibus municipais gratuitamente

O exame é utilizado para seleção de candidatos a universidades públicas e privadas, e a partir de agora essa medida será válida em Mogi para todos os anos em que a prova for realizada.

Os estudantes terão direito ao benefício no período de provas das 9h às 13h e das 18h às 22h, e para isso o aluno terá que apresentar ao motorista o comprovante de inscrição no Enem, em formato impresso ou digital, com nome e informações do dia e do local e horário de aplicação das provas.

O projeto, elaborado pela prefeita em exercício, Priscila Yamagami Kähler, marca a passagem dela no cargo durante viagem do prefeito Caio Cunha (Pode) à Espanha. A sugestão para isentar os estudantes do pagamento da tarifa foi feita pela vereadora Malu Fernandes (SD)  

Para justificar a medida, Priscila destaca que “a educação está no centro do projeto da cidade e temos que dar oportunidade para que todos possam realizar seus sonhos”. Na opinião dela, o Enem traz essa oportunidade. “São dois dias de prova e a tarifa gratuita faz a diferença para tantas pessoas que estão enfrentando dificuldades com a pandemia”.

A vereadora defende a gratuidade nas passagens como uma forma de estimular os jovens a realizar a prova, observando que ainda que muitas famílias tiveram suas rendas afetadas durante a pandemia. Malu comentou que neste ano o Ministério da Educação registrou redução do número de inscritos para o exame desde 2008.

“Temos que motivar inciativas para os jovens se sentirem apoiados e não se preocupar com o custo dos transportes no dia da prova. Para muitos isso é um problema e a gratuidade é um incentivo para priorizar a educação e a profissionalização dos jovens

Ela disse também que o projeto é início para uma discussão sobre o passe livre no município, especialmente neste momento em que a Prefeitura debate a questão de reajuste de tarifas de ônibus e o fim de isenção da cobrança de ISS para as empresas CS Brasil e Princesa do Norte, concessionárias dos serviços no município.

No início deste ano, o prefeito Caio Cunha (PODE) também garantiu, por decreto, a gratuidade no transporte público aos estudantes que fizeram o Enem, a pedido da vereadora.

  

ÚLTIMAS DE Cidades