MENU
BUSCAR
Transportes

Fase vermelha causa queda de movimento na Mogi-Bertioga

Tráfego na rodovia que liga Mogi das Cruzes ao litoral foi de de 42,4 mil para 31,8 mil veículos.

O DiárioPublicado em 09/03/2021 às 11:06Atualizado há 2 meses
Mogi-Bertioga teve a queda mais expressiva entre as vias administradas pelo DER / Eisner Soares

No primeiro final de semana de volta à Fase Vermelha, as rodovias estaduais paulistas, administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), tiveram redução de 12,4% na movimentação de veículos.  Nesta sexta (5), sábado (6) e domingo (7), passaram pelas estradas 472 mil veículos, ante 539 mil em igual período da semana passada.

As quedas mais expressivas foram registradas na rodovia Mogi-Bertioga (SP 098), que liga a grande São Paulo à Baixada Santista, com 24,8% a menos de veículos - passando de 42,4 mil para 31,8 mil veículos.

Na rodovia Oswaldo Cruz (SP-125), a movimentação foi de 19 mil veículos, uma queda de 21% em relação ao final de semana anterior. No Sistema Anchieta-Imigrantes, principal acesso ao litoral, a redução foi de 20%. Administrado pela Ecovias, o SAI recebeu 237 mil veículos neste final de semana, no anterior foi 298 mil.

Já na SP 055, vai até o litoral norte, a redução foi de 14,5% -  de 85 mil veículos para 73 mil.

Para o Secretário Estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, a redução neste momento é importante para salvar vidas. "Não estamos falando apenas da diminuição na transmissão do Coronavírus, mas também na probabilidade da redução do número de acidentes, o que é fundamental nesta fase em que os hospitais estão sobrecarregados", afirmou.

A Fase Vermelha do Plano São Paulo, da qual só funcionam os serviços essenciais, vai até o dia 19 de março.  A medida, determinada pelo Governo Paulista, tem por finalidade conter o avanço da pandemia em todo o Estado.

ÚLTIMAS DE Cidades