MENU
BUSCAR
Meio Ambiente

Poá e Ferraz querem desassorear o Córrego Paredão

Prefeituras estão em tratativas para a limpeza do leito, visando atender uma solicitação do Ministério Público.

O DiárioPublicado em 06/05/2021 às 11:13Atualizado há 1 mês
Desassoreamento deve combater as enchentes e alagamentos que ocorrem nas proximidades / Rodrigo Nagafuti - Prefeitura de Poá
Desassoreamento deve combater as enchentes e alagamentos que ocorrem nas proximidades / Rodrigo Nagafuti - Prefeitura de Poá

As cidades de Poá e Ferraz de Vasconcelos iniciaram as tratativas para a realização de uma ação conjunta no córrego Paredão, localizado no limite dos municípios. O objetivo é realizar o desassoreamento do leito do córrego, para atender a solicitação do Ministério Público (MP) e, ao mesmo tempo, combater as enchentes e alagamentos que ocorrem nas proximidades.

Na manhã desta quarta-feira (5), a secretária de Meio Ambiente, Recursos Naturais e Serviços Urbanos, Claudete Canada, e o coordenador da Secretaria de Serviços Urbanos de Ferraz de Vasconcelos, Ivan Santos, estiveram no local para verificar a área e discutir os próximos passos da ação. “Nós (Poá) vamos entrar com a solicitação para a licença ambiental e Ferraz cede o maquinário para o desassoreamento do córrego”, explicou Claudete.

De acordo com Ivan, o córrego é muito extenso e acompanha boa parte do limite entre as duas cidades, por isso a parceria é muito importante. “Ferraz já realiza serviços de limpeza e desassoreamento de córrego e essa parceria com Poá vem de encontro com as ações de combate as enchentes que adotamos”, ressaltou.

Durante a visita, ficou definido que os municípios, também em ação conjunta, entrarão com uma solicitação de recursos junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) para a implantação de um muro de arrimo para o córrego. “Estamos iniciando uma parceria que trará muitos benefícios para as duas cidades”, finalizou Claudete.

Córrego Itaim

O trecho do córrego Itaim, localizado ao lado da Estrada Mario Covas, no limite entre os municípios de Poá e Suzano, também recebe atualmente serviços de desassoreamento. A ação é realizada em virtude da parceria entre a administração municipal e o Governo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Águas e Energia elétrica (DAEE). “O objetivo é melhorar a vazão das águas e reduzir o risco de enchentes na cidade. A previsão é que o trabalho seja concluído em até nove meses”, disse a secretária.

ÚLTIMAS DE Cidades