Os rios Guaió, Taiaçupeba-Mirim e Jaguari vão receber serviços de desassoreamento por parte do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), após pedido do prefeito Rodrigo Ashiuchi e do deputado estadual André do Prado. O anúncio foi feito pelo superintendente do órgão, Francisco Eduardo Loducca, na última quinta-feira (18), durante encontro realizado na sede da autarquia, na capital paulista, com a participação do secretário municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, Samuel Oliveira.

O encontro, que teve início às 16h30, foi pautada, principalmente, pela necessidade de celeridade no início das melhorias no rio Taiaçupeba-Mirim, que passa pelo distrito de Palmeiras. Na ocasião, o engenheiro do DAEE Alessandro Verroni e o assessor técnico Nelson Massakasu Nashiro apresentaram um planejamento de limpeza, que terá início na cabeceira do rio, em Ribeirão Pires, e disseram que há um estudo técnico para a expansão dos trabalhos.

Inclusive, os representantes do departamento destacaram que o investimento para o rio será de R$ 4 milhões, tendo já sido o projeto aprovado e o contrato assinado. Agora, a prestação do serviço segue para licitação. A previsão é de que sejam retirados 10 mil metros cúbicos de resíduos por quilômetro.

Oliveira informou da ciência de que parte do curso d’água receberá as devidas manutenções e que o pedido é para que seja ampliado o desassoreamento para toda a extensão, garantindo mais segurança às famílias que vivem no entorno do rio.

Ainda no encontro, o superintendente reforçou que trecho do rio Jaguari, que corta o bairro Cidade Miguel Badra, segue passando por desassoreamento e que a ordem de serviço para o rio Guaió será expedida no começo de abril.

Para o deputado estadual, o resultado da reunião foi satisfatório, uma vez que os pedidos foram atendidos e os rios serão desassoreados. André do Prado complementa ao dizer que os órgãos estaduais têm atendido os pedidos para Suzano, pois entendem o avanço que a cidade vem mostrando nos últimos anos, com o prefeito Rodrigo Ashiuchi à frente da gestão municipal.

O chefe do Executivo suzanense também agradeceu a atenção do departamento e a rápida resposta à cidade e à região e finalizou ao dizer que todos os três rios são de competência do governo do Estado e por isso, precisamos dessas intervenções para que não ocorram cheias após as chuvas.