MENU
BUSCAR
IMUNIZAÇÃO

Quase cinco mil profissionais da Educação já foram vacinados em Mogi

Com mais ampliações, a cidade está próxima de ultrapassar a marca de 100 mil moradores que receberam ao menos a 1° dose da vacina

Fábio PalodettePublicado em 07/06/2021 às 15:20Atualizado há 8 dias
Campanha de vacinação em Mogi foi ampliada nesta segunda-feira / Divulgação
Campanha de vacinação em Mogi foi ampliada nesta segunda-feira / Divulgação

Quase cinco mil trabalhadores da Educação já receberam ao menos a primeira dose da vacina contra o coronavírus em Mogi das Cruzes, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde. A imunização deste público começou na semana passada, após ser antecipada.

Até a manhã desta segunda-feira (7), 4.384 profissionais da área já haviam recebido ao menos a 1° dose da vacina contra o coronavírus, sendo que 2.896 também receberam a 2° aplicação. 

Os profissionais que atuam nas unidades municipais e subvencionadas que estão retomando na Fase 1 foram orientados a agendar a imunização a partir das 14h de quinta-feira (3) pelo Clique Vacina https://vacina.mogidascruzes.sp.gov.br/

Mogi das Cruzes foi uma das primeiras cidades a antecipar a vacinação dos profissionais da Educação. A imunização começou na última quarta-feira (2), no CEIM Profª Clara Rodrigues Nahum.

Em paralelo, a anunciou o novo calendário da Fase 1 do retorno letivo para as turmas do Ensino Infantil e Fundamental da Rede Municipal de Ensino. A retomada será realizada de forma gradual e não obrigatória.

"Por uma questão logística, iniciamos esse processo por quem trabalha na rede municipal e subvencionada e retorna presencialmente na fase 1 do plano de retomada. Mas nosso compromisso é antecipar a imunização de todos os profissionais da educação de Mogi das Cruzes, inclusive da rede estadual e também da particular", comentou o prefeito Caio Cunha (PODE) nas redes sociais. Nesta semana, a Administração deverá disponibilizar um cadastro para esses trabalhadores por meio do Clique Vacina, a fim de organizar as próximas etapas dessa antecipação.

Balanço

Em Mogi das Cruzes, 97.552 já haviam recebido ao menos a primeira dose da vacina até esta segunda-feira. O número corresponde a aproximadamente 22% da população estimada da cidade. Quase metade, 47.522, também já haviam recebido o complemento.

A vacinação foi ampliada na cidade: a Secretaria Municipal de Saúde abriu nesta segunda-feira (07), às 14 horas, novas vagas para agendamento online da primeira dose contra a Covid-19 para portadores de deficiências graves cadastrados no BPC e pessoas com comorbidades indicadas pelo Ministério da Saúde a partir de 18 anos de idade, além de portadores de Síndrome de Down, renais crônicos em hemodiálise e transplantados imunossuprimidos.

A vacina disponível é a Astrazeneca/Fiocruz e a aplicação será realizada nesta terça (8), quarta (9) e quinta-feira (10) nos drive-thru do Pró-Hiper no Mogilar e do Bunkyo. 

O agendamento deve ser feito no site oficial https://vacina.mogidascruzes.sp.gov.br e os atendimentos serão feitos de acordo com os horários e locais escolhidos no sistema online. Presencialmente, o paciente precisa apresentar documento pessoal com foto, CPF ou Cartão SUS, comprovante de endereço e documento que comprove pertencer ao grupo contemplado. 

Outros grupos em atendimento também podem agendar a imunização no sistema online. Há vagas disponíveis para gestantes com comorbidades e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) com comorbidades; idosos com 60 anos ou mais; profissionais de Educação com 47 anos ou mais; profissionais da Rede Municipal de Educação que estão retomando na Fase 1 e motoristas e cobradores.

A Secretaria Municipal de Saúde preparou um roteiro detalhado das comorbidades incluídas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 do Ministério da Saúde como prioritárias para a vacinação contra a Covid-19 (veja aqui).

Profissionais da Saúde

A Prefeitura de Mogi das Cruzes deverá abrir uma lista de pré-cadastro online para profissionais da Saúde que ainda não foram imunizados contra a Covid-19 com objetivo de mapear esta demanda para planejar o atendimento.

ÚLTIMAS DE Cidades