Diário Logo

Notizia Logo

Com investimento de R$ 50 milhões, Estação Aracaré, em Itaquá, ganhará nova cara

Atendendo a uma antiga reivindicação de Itaquaquecetuba, será lançada às 10 horas desta quinta-feira (22) a reforma da Estação Aracaré, da Linha 12-Safira, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O investimento é de cerca de 50 milhões, com prazo de 24 meses para a execução. O prefeito Eduardo Boigues, de Itaquá, destaca que a […]

21 de junho de 2023

O Diário

Atendendo a uma antiga reivindicação de Itaquaquecetuba, será lançada às 10 horas desta quinta-feira (22) a reforma da Estação Aracaré, da Linha 12-Safira, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O investimento é de cerca de 50 milhões, com prazo de 24 meses para a execução.

O prefeito Eduardo Boigues, de Itaquá, destaca que a população encontrará uma estação completamente nova após os trabalhos. As obras preveem melhorias de acessibilidade e também prometem trazer uma experiência melhor aos usuários.

O canteiro de obras já está de pé. O lançamento desta quinta-feira deve contar com a presença de autoridades como Pedro Tegon Moro, diretor presidente CPTM, o presidente da Alesp, André do Prado, e o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Marco Antonio Assalve.

Ainda para este ano, o prefeito diz que a cidade aguarda o edital para a reforma da estação Itaquaquecetuba. “A ideia é implementar mais uma plataforma, escadas rolantes e acoplar com um terminal rodoviário”, destaca Boigues. Além da Aracaré, a Estação Engenheiro Manoel Feio, também em Itaquá, já passa por reformas.

A ordem de serviço para a reforma da Estação Aracaré foi assinada em abril último pelo Governo do Estado e CPTM. O edital de licitação para a execução das obras havia sido lançado em setembro de 2022.

O prefeito considera uma conquista para a cidade: “Há mais de 20 anos que nenhuma das estações de trem de Itaquá (Aracaré, Engenheiro Manoel Feio e Itaquaquecetuba) tinham sido revitalizadas até então. Nem acessibilidade as estações possuem. O cadeirante tem extrema dificuldade no trajeto”, destaca Boigues.

O foco na reforma está na acessibilidade. “Praticamente a estação vai vir abaixo. Será feito o alongamento da plataforma próxima aos vagões para que não coloque em risco os usuários. Teremos também um bicicletário, novas rampas de acesso e mais. Algo que ajuda todos os usuários”, comenta Boigues.

Segundo a ficha técnica, as obras contemplarão a construção de nova passarela pública de transposição e acesso, com conjunto de novas escadas e elevadores para que se garanta pleno atendimento às normas de acessibilidade. Também serão instalados elevadores, e por estarem localizados em áreas de acesso público, contarão com antecâmara, conforme diretriz da CPTM. Já as escadas, em atendimento à alta demanda de circulação de ciclistas verificada no local, possuirão rampa lateral para auxílio na condução de bicicletas.

A CPTM informou, por meio do Diário Oficial, que assinou contrato com a empresa Trail Infraestrutura Eireli, para obras na estação Aracaré, na Linha 12-Safira. O acordo é correspondente a R$ 50 milhões (R$ 49.607.990,53), e tem como objetivo obras de acessibilidade.

Outras estações

O objetivo da administração municipal é avançar junto ao Governo do Estado para reformar as três estações da cidade.

A Estação Engenheiro Manoel Feio está em obras com foco na ampliação da plataforma da estação e na instalação da estrutura dos novos elevadores. O prazo para entrega das obras é estimado para o segundo semestre deste ano.

Para este ano devem surgir novidades sobre a reforma da estação Itaquaquecetuba. “A ideia é implantar mais uma plataforma, escadas rolantes, e ela será acoplada a um novo terminal”, comenta.

Mogi das Cruzes

Enquanto mais uma estação do Alto Tietê tem as obras de acessbilidade e modernização iniciadas, Mogi das Cruzes ainda aguarda os trabalhos da CPTM. 

Em abril deste ano, em reunião com o deputado federal Marco Bertaiolli, a companhia se comprometeu a realizar a construção da nova Estação Central, alinhada ao Terminal Central, com transposição por escadas rolantes, interligando a estação ao Terminal de Ônibus. 

A estatal também prometeu a implantação de um boulevard com comércio e equipamentos urbanos, como bancos e jardins, integrando com as praças Sacadura Cabral, Oswaldo Cruz e Diego Chavedar. Além da modernização e reformas das estações Braz Cubas, Jundiapeba e Estudantes.

LEIA TAMBÉM: CPTM fará projeto e construção da nova estação central de Mogi

 

Veja Também