Diário Logo

Notizia Logo

Consulta pública sobre volta às aulas será realizada no período de 18 a 21 deste mês

A consulta pública sobre o retorno das aulas presenciais será aberta na próxima segunda-feira (18) pela Prefeitura de Mogi, para saber a posição dos pais e responsáveis de cerca de 47 mil alunos da rede pública municipal sobre o retorno às aulas nesse período de segunda onda de casos de Covid-19. O Governo anunciou a […]

14 de janeiro de 2021

Reportagem de: O Diário

A consulta pública sobre o retorno das aulas presenciais será aberta na próxima segunda-feira (18) pela Prefeitura de Mogi, para saber a posição dos pais e responsáveis de cerca de 47 mil alunos da rede pública municipal sobre o retorno às aulas nesse período de segunda onda de casos de Covid-19. O Governo anunciou a retomada das atividades presencias nas escolas estaduais no dia 1º de fevereiro.

O material estará disponível em formulário online no Portal da Secretaria Municipal de Educação e também pelo aplicativo Educa + Mogi. Toda população poderá opinar até o dia 21 de janeiro, “sendo protagonista deste processo de retomada”, que será definido de forma colegiada e participativa. A opinião de todos é importante, mas principalmente dos pais e responsáveis pelos alunos da rede municipal de ensino.

O objetivo dessa consulta pública, segundo a Prefeitura, é identificar não só a opinião da população sobre o retorno, mas também quais são as medidas consideradas essenciais para a garantia da segurança sanitária.

A realização desse levantamento é uma das medidas definidas pelo Comitê Gestor de Retomada Gradativa das Atividades Econômicas para a retomada das aulas. Neste ano, a Secretaria de Educação passou a integrar o Comitê, junto com as Pastas de Assistência Social e Segurança.

O resultado fará parte do conjunto de ações, que têm sido tomadas pela Secretaria de Educação para a retomada das aulas junto ao Comitê Gestor. Serão avaliadas ainda a determinação do Governo do Estado para o retorno das aulas, as condições efetivas de implementação do protocolo sanitário das escolas, a situação epidemiológica nos bairros e a vulnerabilidade da população por território.

Outro projeto refere-se à criação da Brigada da Pandemia na Educação, que reunirá já na semana que vem membros de diferentes departamentos da Secretaria de Educação, representantes de escolas e de outras secretarias da Administração Municipal para que se tenha uma estrutura colegiada de decisão, reunindo informações de diferentes perspectivas.

A pasta esclarece ainda que para promover essa retomada, está atuando na revisão do conteúdo para este ano letivo, formação dos profissionais e na criação de um plano de acolhimento emocional.

Veja Também