Diário Logo

O Diário Logo

Falta de uma dieta balanceada pode levar à anemia carencial

Em uma rotina cada vez mais corrida, a má alimentação pode culminar na insuficiência de nutrientes fundamentais; Exames laboratoriais podem diagnosticar problema

9 de fevereiro de 2024

Sem conseguir manter uma dieta saudável, é fundamental fazer exames que podem detectar a anemia carencial | Reprodução - Unsplash

Reportagem de: O Diário

Com trabalho, estudos, serviços domésticos e outras diversas atividades que uma pessoa pode ter em um dia, nem sempre a alimentação é feita de maneira saudável. A falta de uma dieta balanceada, então, pode resultar na anemia carencial, que é quando existe a falta de nutrientes essenciais, como o ferro e a vitamina b12. Para que o médico possa diagnosticar e tratar o problema, é necessário que alguns exames sejam realizados.

Esses exames podem ser feitos no Sancet Medicina Diagnóstica, que tem unidades em Mogi das Cruzes, Suzano, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Arujá, Guararema, Biritiba Mirim e Santa Isabel.

“Hoje, as pessoas estão acostumadas a se alimentarem rapidamente e acabam indo para o fast food e os produtos industrializados. E, então, alguns problemas podem começar a surgir, como é o caso da anemia carencial. E são os exames que irão apontar essa deficiência para que o médico possa encontrar a melhor solução para cada caso, seja só com uma dieta balanceada ou também com a suplementação”, explica Tatiana Gragnato, bióloga e assessora científica do Sancet.

Entre os exames que são realizados nesses casos estão o hemograma completo, a dosagem de ferro e a dosagem de vitamina b12. São eles que poderão indicar uma possível falta de alimentos ricos em nutrientes, como as verduras e legumes.

Sabendo que uma dieta balanceada não é seguida, o paciente já pode buscar por um médico e fazer os exames para avaliar a saúde. Mas, alguns sintomas que apontam a anemia carencial também podem surgir, como um cansaço excessivo, fraqueza e desânimo.
 
“O hemograma será o exame fundamental no diagnóstico de uma anemia, que pode ser de outro tipo além da carencial. Então, com o resultado do exame em mão e um exame clínico, o médico poderá pedir outros exames mais específicos para entender exatamente de onde vem o problema. É importante também que a suplementação só seja feita se for recomendada pelo médico”, frisa Sarah Marques, biomédica e também assessora científica do Sancet.

O hemograma é um exame de fácil acesso, que pode ser colhido em todas as unidades do Sancet e exige, no máximo, que o paciente faça jejum.

Veja Também