Diário Logo

O Diário Logo

Audição de Natal do Coral do Carmo será realizada neste domingo

Pela 37ª vez, o Coral do Carmo vai, neste domingo (18), fazer uma audição de Natal. O evento já é tradição, mas dessa vez a ocasião é especial e marca o retorno do grupo após longo hiato forçado pela pandemia de Covid-19. Será às 19h30, com direito a piano e de graça, na Igreja Ordem […]

16 de dezembro de 2022

Reportagem de: O Diário

Pela 37ª vez, o Coral do Carmo vai, neste domingo (18), fazer uma audição de Natal. O evento já é tradição, mas dessa vez a ocasião é especial e marca o retorno do grupo após longo hiato forçado pela pandemia de Covid-19. Será às 19h30, com direito a piano e de graça, na Igreja Ordem Primeira do Carmo, no Centro de Mogi das Cruzes.

A noite será dividida em dois momentos. Na primeira parte, a apresentação é dos solistas, com as canções sacras ‘Ave Maria’, ‘Panis Angelicus’, ‘Wiegenlied ‘, ‘The Holly City’ e ‘O Divine redeemer’. São eles: Anderson Tenório (tenor); Érica Battani (soprano); Daniela Lamim (soprano); Rosely Gomes (contra alto); Marcos Ruiz (tenor); David Maia (barítono); Wagner Maia (barítono); André Viana (tenor); André Luiz Vieira (barítono) e Érica Battani (soprano).

Na sequência, “vem o coro com canções tradicionais de Natal”, como ‘Vinde Cantai’, ‘Noite Jubilosa’, ‘Alle Jahre wieder’, ‘O Primeiro Natal’, ‘Ave verum corpus’, ‘Adeste Fideles’, ‘Eis dos anjos a Harmonia’, ‘Cantique de Jean Racine’, ‘Gloria’, ‘Noite Feliz’ e ‘Noite Santa’. Quem dá os detalhes, em entrevista a O Diário, é o regente do coral, Guilherme Wassilis de Faria.

“O concerto de Natal é um dos mais bonitos e mais emocionantes que a gente faz, por conta do sentimento que esse período traz e que transborda durante o evento. As pessoas se sensibilizam, é uma noite de muita emoção em poder fazer isso, levar alegria, amor, palavras de fé e de esperança para quem estiver assistindo. É muito bom e muito gratificante”, avalia ele, que integra o grupo desde 1989, quando deu os primeiros passos na música, para mais tarde, ingressar na antiga Universidade Livre de Música (ULM), hoje Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp Tom Jobim).

Ao todo, 40 pessoas compõem o coro. São moradores não apenas de Mogi das Cruzes, mas também de Biritiba Mirim, Salesópolis, Guararema, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Arujá e São Paulo. Gente “de várias idades, dos 15 aos 80 anos”, com costumes, religiões diferentes e vários níveis de conhecimento musical.

“Tem quem entra na faculdade de Música, tem que não conhece e a gente oferece uma introdução e técnicas vocais”, detalha o regente, que se reúne com este time vez por semana, aos domingos, sempre das 19 às 22 horas, para ensaiar.

Após um hiato não planejado, em razão do novo coronavírus, estes encontros voltaram a acontecer no último mês de setembro. Desde então o grupo prepara o repertório da audição deste sábado (17).

“Nosso objetivo é difundir cada vez mais a música erudita e atrair novos talentos para que possam conhecer a música. Às vezes essas pessoas não têm a chance de ter esse contato, e no coral acabam descobrindo vocação para arte e desenvolvem novos talentos. E tudo começou em 1985, quando Milton Marques e o Carlos Albertini fundaram o Coral do Carmo”.

Carlos Eduardo Zappili Albertini, aliás, também estará presente na apresentação, com um piano, único instrumento que acompanhará as 40 vozes.

 

Serviço

O quê? Audição de Natal do Coral do Carmo

Quando? Domingo (18), às 19h30

Onde? Igreja Ordem Primeira do Carmo (rua São João – Centro, Mogi das Cruzes)

Quanto? Gratuito

Veja Também