ANUNCIO

Empresa de telemarketing abrirá 730 vagas em Mogi das Cruzes

JUSTIÇA Empresas que operam o transporte por aplicativo em Mogi contam com respaldo de liminar na Justiça. (Foto: arquivo)
EDUCAÇÃO Prefeito Marcus Melo inaugura Cempre e promete reduzir espera por creche em Jundiapeba. (Foto: divulgação – PMMC)

A empresa de telemarketing instalada em Mogi das Cruzes, a Winover Call Center está investindo em um novo projeto de ampliação na cidade com a abertura de 730 emprego neste ano. O anúncio foi feito na manhã de pelo prefeito Marcus Melo (PSDB), durante a entrega do Centro Municipal de Programas Educacionais (Cempre) de Jundiapeba. Durante o evento, ele falou sobre redução do deficit de vagas nas escolas e garantiu que “não vai aceitar” a instalação de uma praça de pedágio no município.

Após a inauguração do Cempre, o prefeito participaria de um evento na Winover e teria detalhes sobre o cronograma de contratações de pessoas, previstas para começar a partir do próximo mês. E, no final da tarde, iria participar de um encontro do PSDB na cidade de Ferraz de Vasconcelos, com a presença do secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, onde deveria voltar a tratar da questão do projeto da Artesp que prevê a instalação de um pedágio em Mogi. Ele defendeu o protesto realizado ontem na Mogi-Dutra e disse que a população deve continuar unida nessa luta para impedir que a ideia prospere.

Na opinião dele, o anúncio feito pela Agência de que não vai mais colocar o equipamento no Km 45 da Mogi-Dutra e que pretende escolher um outro local “foi muito vago e não dá nenhuma certeza de que a Artesp desistiu de instalar o equipamento no município”.

“Somos contra e não vamos permitir que seja instalado um pedágio em Mogi. Acho que (o protesto) é o caminho certo para mostrar a força do povo. O mogiano não merece isso, porque não traz nenhum benefício para a população. O projeto vai beneficiar a Mogi-Bertioga e estradas do litoral sul, então que coloque no local que vai receber o investimento. Vamos continuar lutando e fazer tudo o que for possível para impedir isso. Vou voltar a falar hoje com o Vinholi sobre o descontentamento e a insatisfação da população e dizer que não aceitamos esse pedágio na cidade”., reforçou

CEMPRE

Durante a inauguração do Cempre, o prefeito falou sobre os investimentos no setor educacional para reduzir o deficit de vagas em creches, hoje, por volta de 2 mil vagas. No discurso, fez questão de lembrar da atenção e investimentos dos ex-prefeitos citando desde Waldermar Costa Neto a Marco Bertaiolli.

Ele explica que o problema é a falta de vagas para o ensino integral, já que apesar dos investimentos feitos pela Prefeitura em obras de adaptação e construção de novas unidades, ainda não foi possível atender todas as crianças. Isso porque as reformas para adaptar as escolas são complexas nos prédios mais antigos. Mas, garante que a Secretaria Municipal de Educação está empenhada nessa causa. Mogi tem 47 mil alunos, sendo 23,7 mil em período integral.

Segundo o prefeito, a fila para as creches, especialmente em Jundipabea, deverá resolvida ainda neste ano com as quatro novas creches que a Prefeitura está construindo naquela região. Juntas, elas vão abrir 1,2 mil vagas. Outras duas foram inauguradas no distrito.

Sobre o deficit de vagas, a secretária municipal de Educação, Juliana Guedes afirma que neste ano houve uma redução de cerca de 50% na fila de espera nas creches, com a queda de 4 para 2 mil crianças à espera dessa oportunidade.

Jundiapeba ganhar mais um Cempre

O novo Centro Municipal de Programas Educacionais (Cempre) Sérgio Moretti, em Jundiapeba, tem capacidade para atender 840 alunos em período integral. Possui ginásio poliesportivo e auditório, além do bloco didático com 12 salas de aula e espaços para outras atividades. O complexo educacional, além da formação básica, oferece oficinas esportivas, culturais e intelectuais. No equipamento, onde foram investidos mais de R$ 9 milhões, os alunos também terão aulas de informática e de inglês, e receberão cinco refeições balanceadas.

No ano passado, o distrito recebeu duas creches e outras três estão em construção. Além disso, mais oito estão em obras no município. Cada unidade tem, em média, capacidade para 200 alunos e contam com uma área construída de 895 m2. São as novas edificações verdes da cidade com soluções sustentáveis, como placas fotovoltaicas e reuso de águas pluviais.

Esta é a sétima unidade do Cempre mogiana e a terceira que a Prefeitura instala em Jundiapeba, distrito que recebe outros investimentos: neste ano, serão inaugurados a terceira Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o Polo Municipal de Segurança e o restaurante Bom Prato, além das obras de saneamento básico.


Deixe seu comentário