Diário Logo

Notizia Logo

ESG, tema que rege o mercado mundial, é o foco da nova temporada do Ação em Rede

Renato Cocenza, diretor de Operações do jornal e da TV Diário, destaca que o  ESG como uma realidade para a manutenção e a sobrevivência das empresas no mundo

5 de março de 2023

Reportagem de: O Diário

A temporada 2023 do projeto Ação em Rede – uma parceria entre a TV Diário, o jornal O Diário e a Agência de Fomento Empresarial (AGFE) a fim de incentivar e valorizar as empresas do Alto Tietê – é lançada oficialmente neste sábado (4) com um tema que rege o mercado mundial: ESG –  Environmental, Social e Governamental Corporative. A nova proposta é mostrar que as empresa daqui atuam dentro de uma agenda universal que leva para o mundo dos negócios a preocupação de cuidar do meio ambiente, ter responsabilidade social e governança. Setores que são cada vez mais observados na hora de fechar um negócio.

O direcionamento na divulgação das ações das empresas instaladas na região vem após o primeiro ano do projeto, que tinha por objetivo valorizar e apresentar o produto dessas empresas à comunidade, unir forças para alcançar resultados em conjunto, valorizar o que elas produzem e ainda atuar em assuntos de interesse comum.

“O primeiro ano do Ação em Rede serviu para entendermos a força que a nossa região tem de produzir uma diversidade de produtos e o peso que juntas elas têm no mercado. Por meio dos veículos de comunicação, a gente apresentou o que as nossas empresas produzem. Agora é hora de mostrar o que elas fazem no dia a dia  na busca pela sustentabilidade, relação empresa-funcionário, com a comunidade em seu entorno e ainda visando um mercado cada vez mais alinhado às atenções mundiais do clima”, destaca Tunico Andari, diretor de Comunicação da AGFE.

Essas ações poderão ser conferidas diariamente no canal Ação em Rede no site de O Diário, em publicações de artigos e entrevistas na versão impressa do jornal, distribuída aos sábados, bem como em inserções na TV. Ainda de olho na inovação, o conteúdo ganha uma nova plataforma: um podcast semanal, em que o vice-diretor da AGFE, o economista Claudio Costa, recebe para um bate-papo os empresários e seus funcionários, sempre com um assunto diferente, destacando as práticas ESG.

Renato Cocenza, diretor de Operações do jornal e da TV Diário, destaca que o  ESG como uma realidade para a manutenção e a sobrevivência das empresas no mundo. A sigla surge em 2004, durante uma reunião das principais instituições financeiras mundiais na sede da Organização das Nações Unidas. Mas ganhou mais robustez à medida que a gestão das empresas entenderam a necessidade de atrelar o lucro à responsabilidade socioambiental.

“Todos os dias as nossas empresas caminham pelo ESG, porque são práticas das mais simples, como mudar um protocolo dentro da planta para melhorar o dia a dia dos funcionários, passa pela troca de uma frota de veículos por menos poluentes, até grandes investimentos em tecnologias que reduzam o impacto da produção na natureza”, pontua.

Cocenza reflete ainda sobre uma frase que permeou uma reunião em 2005, também na ONU: “Ganha quem se importa mais”. E essa questão de fazer é fazer na essência. Tem que pensar que hoje em dia cada empresa tem que trabalhar internamente e de dentro pra fora. Se não estiver isso enraizado, a empresa não consegue mostrar as ações que ela diz que faz”.

A nova temporada vem também no cenário em que ficou trás aquela história de que “eu faço, mas não quero aparecer”. Hoje, divulgar as práticas ESG é ativo. Fazer, incluir em relatórios e tornar públicas essas ações garantem que uma organização está no roll de quem tem preocupação e responsabilidade na hora de fechar um negócio.

“E não é difícil de começar. Olha para o redor da sua empresa, o que você pode melhorar ali? Dentro da sua planta, na sua comunidade. Se cada uma fizer isso, a gente vai mudar daqui uma realidade que reflete diretamente no mundo. Existe uma máxima de que a gente não vai viver os próximos anos, como a gente viveu os últimos. Essa maneira de viver diz muito sobre o futuro”.

Nessa toada, a nova temporada do Ação em Rede vem mostrar o que é feito aqui, no Alto Tietê, mas não só isso. É o momento de servir de exemplo para  quem trabalha, vive ao redor ou consome os produtos dessas organizações. Ao lado, você poderá conhecer mais sobre os nomes que largam juntos rumo à sustentabilidade.

Podcast é novidade

A pandemia da Covid-19 acelerou em décadas o que se era esperado em termos de tecnologia. O mundo dos negócios que já era dinâmico ganhou conexões ainda maiores. Mas o que importa de tudo isso não são só os resultados, é preciso debater e levar para um número cada vez maior de pessoas os caminhos: o que é pensando para o agora e o amanhã também. É nesse contexto que Claudio Costa, diretor executivo da Agência de Fomento Empresarial (AGFE), pretende abordar de forma descontraída assuntos que muitas vezes parecem burocráticos, como economia, tendências de mercado e tecnologia, nas publicações semanais do podcast do projeto Ação em Rede.
Para abranger um público cada vez mais conectado, a entrevista em áudio foi a forma escolhida porque é a tendência quando se fala em consumir conteúdo atualmente. “A notícia colocada em uma página impressa, muitas vezes não permite que você tenha uma discussão maior sobre aquele tema. A intenção é que nas conversas a gente consiga atrair a atenção das pessoas, de uma maneira tranquila, transparente, um verdadeiro bate-bola”, destaca Costa.

A ideia é ter a cada episódio um ou mais entrevistados das empresas que fazem parte do projeto e tenham bagagem a oferecer a quem está ouvindo. Seja o convidado o próprio empresário, um diretor ou funcionário. “A gente quer conversar com todo mundo, mas principalmente com aquela pessoa que é curiosa, que ao final de cada episódio queira conhecer mais sobre os assuntos que a gente conversou”, conta.
Fique ligado no portal de O Diário para acompanhar a data de estreia.

Veja Também