Diário Logo

Notizia Logo

Com novos casos em Suzano e Itaquá, região salta para 21 notificações de varíola dos macacos

A Prefeitura de Suzano confirmou nesta quinta-feira (11) um novo caso de varíola dos macacos na cidade. Já Itaquaquecetuba notificou mais dois pacientes infectados com a doença, provocada pelo vírus monkeypox. As cidades contabilizam agora 7 e 8 ocorrências da doença cada, respectivamente.  Com isso, na região ao menos 21 pacientes já foram diagnosticados com […]

11 de agosto de 2022

Reportagem de: O Diário

A Prefeitura de Suzano confirmou nesta quinta-feira (11) um novo caso de varíola dos macacos na cidade. Já Itaquaquecetuba notificou mais dois pacientes infectados com a doença, provocada pelo vírus monkeypox. As cidades contabilizam agora 7 e 8 ocorrências da doença cada, respectivamente. 

Com isso, na região ao menos 21 pacientes já foram diagnosticados com a doença em menos de um mês, em cinco municípios diferentes. Todos apresentam quadro se saúde estável. 

Em Suzano, três pacientes já se recuperaram e quatro seguem em isolamento domiciliar com quadro clínico bom. Há ainda quatro suspeitos em investigação.

Já Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que dos oito casos de monkeypox notificados, três já estão curados.

Os casos são atendidos na rede de saúde municipal em conjunto com os serviços de referência da Secretaria de Estado da Saúde.A pasta diz ainda que contabiliza outros 12 casos descartados e sete em análise, que apresentaram febrícula e pequenas manchas no corpo.

A doença foi ainda confirmada em quatro pacientes de Mogi das Cruzes.

Poá e Arujá também somam um registro cada. 

Já a Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos informou que possui três casos aguardando resultado de exame

Vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu o segundo pedido de registro de kit para teste para monkeypox, a varíola dos macacos. O pedido é para o produto Monkeypox Virus Nucleic Acid Detection Kit e foi apresentado pela empresa Comércio e Indústria de Produtos Médico-Hospitalares e Odontológicos Ltda (CPMH).

De acordo com a agência reguladora, o pedido foi solicitado no dia 2 de agosto e já está em análise pela equipe técnica. Anteriormente, a Anvisa já havia o pedido de registro da empresa Biomédica. A solicitação foi analisada e a reguladora emitiu exigência, que é um pedido de informações e dados necessários para a conclusão da análise pela equipe técnica.

O processo do registro envolve avaliar fabricação, confiabilidade dos resultados e efetividade para o diagnóstico.

Veja Também