Diário Logo

Notizia Logo

Enquanto 47 mil já estudam, 1.762 crianças aguardam vagas em creches de Mogi

Cerca de 10% da população de Mogi das Cruzes – ou 47.160 pessoas, para ser mais exato – estão matriculadas no Ensino Municipal, que abriu inscrições nesta semana. Além das crianças que já estudam, outras 1.762 aguardam vagas em creches pelo Cadastro Municipal Unificado (CMU). A maioria dos alunos já inscritos – 26.319 – está […]

17 de julho de 2022

Reportagem de: O Diário

Cerca de 10% da população de Mogi das Cruzes – ou 47.160 pessoas, para ser mais exato – estão matriculadas no Ensino Municipal, que abriu inscrições nesta semana. Além das crianças que já estudam, outras 1.762 aguardam vagas em creches pelo Cadastro Municipal Unificado (CMU).

A maioria dos alunos já inscritos – 26.319 – está matriculada no Ensino Fundamental, o que inclui tanto o Ciclo I, que vai do 1º ao 5º ano (antigo pré à quarta-série) como o Ciclo II, que vai do 6º ao 9º ano (antiga quinta à oitava série), sendo que esta categoria somente funciona no Cempre Benedito Ferreira Lopes.

Já a segunda maior “fatia” deste bolo é a da Educação Infantil, com 20.079 crianças inscritas do berçário ao Infantil IV. No ranking das categorias, a Educação Especial fica em terceiro lugar, com 603 matrículas, e o EJA (Educação de Jovens e Adultos) fica em quarto e último, com apenas 159 pessoas.

Somadas, todas estas categorias representam aproximadamente 10% da população da cidade, que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é estimada em 455.587 pessoas. Outra informação interessante é que mais da metade dos alunos (24.653) estudam em período integral, segundo a Prefeitura de Mogi das Cruzes.

A pedido de O Diário, a administração municipal também forneceu os dados sobre a fila das creches. “Em 2022, recebemos até o momento (13/07) 5.256 inscrições e atualmente 1.762 estão aguardando vagas no Cadastro Municipal Unificado (CMU)”. Para efeito de comparação, em 2021 “foram recebidas 6.396 inscrições”, e “6.494 em 2020”.

Falando em inscrições, neste ano as matrículas para alunos que estão fora da rede municipal de ensino de Mogi das Cruzes foram antecipadas. O calendário local seguiu o da rede estadual e deu início a este processo em 11 de julho último, ao invés do período tradicional, entre os meses de setembro e outubro.

Questionada por este jornal um dia após o início desta etapa, a Prefeitura de Mogi informou que o primeiro dia foi “tranquilo”, com 491 inscrições.

Veja Também