Diário Logo

Notizia Logo

Mogi pede à CPTM que reabra a bilheteria da Estação Estudantes na entrada pela Álvaro Pavan

A Câmara de Mogi está fazendo um apelo à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para que reabra a bilheteria existente na Estação Estudantes voltada para a rua Professor Álvaro Pavan. Atualmente, os usuários só podem adquirir as passagens do lado da avenida Francisco Rodrigues Filho, na entrada que tem acesso pelo Terminal Rodoviário, localizado […]

4 de julho de 2023

O Diário

A Câmara de Mogi está fazendo um apelo à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para que reabra a bilheteria existente na Estação Estudantes voltada para a rua Professor Álvaro Pavan. Atualmente, os usuários só podem adquirir as passagens do lado da avenida Francisco Rodrigues Filho, na entrada que tem acesso pelo Terminal Rodoviário, localizado no Mogilar.  

A alternativa para quem quiser entrar pela Pavan é comprar os bilhetes pelo aplicativo da CPTM ou usando os cartões, nos totens instalados do lado da Pavan, próximo à Universidade de Mogi das Cruzes (UMC).

O pedido para que sejam reinstaladas as bilheterias físicas está sendo feito por meio de uma moção, aprovada por unanimidade, durante a sessão realizada nesta terça-feira (04), de autoria do vereador Edson Alexandre Pereira – Edinho do Salão (MDB). 

Ele disse que tem vem recebendo reclamações de diversos usuários da CPTM sobre a dificuldade para acessar a estação de trem Estudantes, já que os passageiros que estão do lado da rua Álvaro Pavan, e querem pagar a passagem com dinheiro físico por não ter o aplicativo da CPTM ou cartões para adquirir a passagens nos totens, precisam atravessar para o outro lado da estação para ter acesso aos trens.

“Essa dificuldade causa enorme transtorno, principalmente às pessoas com idade mais avançada ou com dificuldades de locomoção”, comenta o parlamentar, reafirmando que a reabertura da entrada pela Pavan “trará enormes benefícios aos usuários deste importante sistema de transporte”.

A situação, de acordo com o vereador Maurino José da Silva – Policial Maurino (PODE), realmente “prejudica as pessoas com mobilidade reduzida e também aqueles que ainda não dominam a tecnologia ou não dispõem de internet para comprar os bilhetes pelo aplicativo”, o que demonstra a necessidade de manter a bilheteria na entrada da Álvaro Pavan.

“É lamentável termos que fazer uma Moção dessas. Mogi das Cruzes é cortada por quatro estações, e há um enorme descaso do Governo do Estado. Por que não querem facilitar a vida dos mogianos?” questiona Maurino.

O documento está sendo encaminhado ao governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, ao secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Marco Antonio Assalve, à direção a CPTM e ao prefeito Caio Cunha (PODE)

 

Veja Também