Diário Logo

O Diário Logo

Leilão que concede rodovias e prevê pedágio em Mogi será na terça

Processo irá privatizar a Mogi-Dutra, Mogi-Bertioga e Padre Manoel da Nóbrega por 30 anos

12 de abril de 2024

Rodovia Mogi-Dutra | Foto: Divulgação/PMMC

Reportagem de: Fabricio Mello

O Governo de São Paulo segue com o processo de privatização do Lote Litoral Paulista – conjunto de vias que ligam o Alto Tietê ao litoral sul. O leilão que prevê a concessão das rodovias Padre Manoel da Nóbrega, Mogi-Dutra e Mogi-Bertioga será realizado na terça-feira (16), na sede da B3, na capital paulista. 

Com a privatização, a responsável pelas vias poderão realizar a instalação do pedágio, mas também devem se comprometer com a realização de  intervenções estruturais e melhorias nas rodovias. 

A duração do contrato a ser firmado é de 30 anos e serão concedidos, ao todo, 213 quilômetros, com a fiscalização contratual sob responsabilidade da Artesp.

Além dos municípios do Alto Tietê, as rodovias que serão leiloadas também passam por Santos, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri, Pedro de Toledo e Miracatu.

Ainda segundo o governo do Estado, o projeto não contempla cobrança na ponte de Itanhaém e em Mogi das Cruzes, onde os usuários que tiverem origem ou destino no Distrito Industrial de Taboão não precisarão pagar tarifa de pedágio em um dos pórticos que será instalado nas proximidades.

Também haverá a possibilidade de pagamento proporcional de tarifa ao trecho percorrido no km 43,1; e não pagarão tarifa quando tiverem origem ou destino no centro do município.

Veja Também