Escolas estaduais de Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim e Salesópolis registram pelo menos 29 casos suspeitos e cinco confirmados de Covid-19, totalizando 34 ocorrências, segundo levantamento divulgado pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp). 

As ocorrências foram notificadas em 19 unidades de ensino: 15 localizadas em Mogi, três em Biritiba Mirim e uma em Salesópolis. 

Segundo o levantamento, as escolas estaduais Professora Branca Baumann do Amaral, Iracema Brasil de Siqueira e Maria Isabel dos Santos, todas em Mogi, têm um caso confirmado de Covid cada, sendo que a Olga Chakur Farah, em Salesópolis, possui duas confirmações da doença.

Os casos suspeitos em Mogi estão nas escolas Cid Boucault (2), Benedito Borges Vieira (1), Branca Baumann do Amaral (1), Josephina Najar Hernandez (1), Pedro Malozze (1), Paulo Ferrari Massaro (1), Camilo Faustino de Mello (1), Maria Rodrigues Gonçalves (2), Vereador Alcides Celestino Filho (3), Irene Caporali de Souza (1), Vania Aparecida Cassará (5), Sylvia Mafra Machado (1) e Alzira Fernandes Scungisqui (1). 

Já em Biritiba Mirim, há suspeitas nas escolas estaduais Angélica de Jesus Ferreira (2) e José Carlos Prestes (2) e na Escola Municipal de Educaão Infantil (Emei) Ferdinando Jungers (2). 

Em Salesópolis, além das confirmações, a escola Olga Chakur Farah também registra dois casos suspeitos.

Estado

Procurada, a Secretaria de Estado da Educação informou que segue todos os protocolos definidos por autoridades de saúde e preserva a segurança de professores, servidores e alunos. “A Seduc reitera que as notificações de casos de Covid são de responsabilidade da área da Saúde, que tem o controle das notificações. A pasta ressalta que os casos confirmados de servidores e alunos são acompanhados por meio do Simed (Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para Covid-19) da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo”, trouxe a nota enviada a O Diário.

A Secretaria prometeu enviar nesta sexta-feira (26) resposta sobre os casos suspeitos e confirmados de Covid nas escolas citadas no levantamento da Apeoesp e também a respeito do questionamento da reportagem se, com o avanço das ocorrências, há possibilidade de suspensão das aulas presenciais nas escolas da rede estadual.

Aulas no Sesi

Após suspender as aulas presenciais devido à contaminação de quatro funcionários pela Covid-19, no último dia 15, as escolas do Sesi de Braz Cubas e Vila Oliveira retomam hoje as atividades nas salas de aulas dos prédios.