Diário Logo

Notizia Logo

Produzido por mogianos, documentário ‘Serráqueos’ estreia no SescTV

O documentário ‘Serráqueos’, produzido em Mogi das Cruzes, já participou de circuitos nacionais, como o 8º Festival de Cinema de Caruaru e também internacionais, a exemplo do International Nature and Environmental Film Festival, da Hungria. O filme também já teve a fotografia premiada no ‘Festival Internacional O Cubo de Cinema em Língua Portuguesa’, foi exibido […]

31 de maio de 2022

Reportagem de: O Diário

O documentário ‘Serráqueos’, produzido em Mogi das Cruzes, já participou de circuitos nacionais, como o 8º Festival de Cinema de Caruaru e também internacionais, a exemplo do International Nature and Environmental Film Festival, da Hungria. O filme também já teve a fotografia premiada no ‘Festival Internacional O Cubo de Cinema em Língua Portuguesa’, foi exibido em uma sala de cinema e também na ‘Sessão da Tarde’, na TV Diário, entre outras muitas conquistas. Mas a produção não para por aí. A novidade da vez é a estreia no SescTV, marcada para o próximo domingo (5).

É para anotar na agenda e ficar com orgulho. O documentário que apresenta moradores, mananciais, fauna e flora da Serra do Itapeti, que é uma Área de Proteção Ambiental (APA), poderá ser visto às 23 horas do domingo no canal. Além disso, a partir desta data e horário estará à disposição sob demanda na plataforma, que pode ser acessada gratuitamente e sem necessidade de cadastro tanto em operadoras de TV por assinatura como no site oficial.

Ao exibir espetáculos, filmes, discussões críticas em série sobre sociedade e cultura o SescTV “reconhece a arte e o meio audiovisual como um potente recurso agregador à transformação social, uma das missões da instituição”.

Produzido por mogianos, o filme mostra como pessoas de Mogi das Cruzes e também de Guararema utilizam seus recursos de forma sustentável.

Esta descrição revela porquê ‘Serráqueos’ foi incluído na grade de programação. Sob o olhar do diretor Rodrigo Campos – que já falou a O Diário o sucesso do filme – , a produção registra pessoas preservando as culturas locais, como o moçambique e festas religiosas, além das espécies endêmicas ameaçadas de extinção, como o sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita) e o bicudinho-do-brejo (Formicivora paludicola).

E tudo isso em cenários locais. O público acompanha a história de moradores que encontraram na serra refúgio para se reconectarem à natureza, de gerações de famílias que lutam para preservar suas características e, também, de personagens como Dona Albertina e Paulinho do Alambique, falecidos durante a produção do documentário.

Além do SescTV e dos festivais mencionados no início deste texto, ‘Serráqueos’ também já ganhou o prêmio de melhor pôster, foi exibido pela 29ª edição do Ecocine (Festival Internacional de Cinema Ambiental e Direitos Humanos), pela 2ª Mostra de Cinema de Ibitipoca (MG), do SaranCINE – Festival de Cinema Ambiental de Sarandira (MG), pelo 6º Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos (SP) e pelo 4º Festival de Cinema de Jaraguá do Sul (SC). Mais informações estão disponíveis neste link.

Veja Também