Diário Logo

O Diário Logo

Suzanenses podem se inscrever para o programa ‘Bolsa Trabalho’

A Prefeitura de Suzano aderiu ao programa estadual “Bolsa Trabalho” e os cidadãos já poderão se inscrever a partir de terça-feira (24). A iniciativa garante ocupação, qualificação e bolsa-auxílio aos munícipes desempregados e em situação de vulnerabilidade social, conforme os requisitos do projeto. Os contemplados vão cumprir atividades de trabalho em órgãos públicos por cinco meses. […]

21 de agosto de 2021

Reportagem de: O Diário

A Prefeitura de Suzano aderiu ao programa estadual “Bolsa Trabalho” e os cidadãos já poderão se inscrever a partir de terça-feira (24). A iniciativa garante ocupação, qualificação e bolsa-auxílio aos munícipes desempregados e em situação de vulnerabilidade social, conforme os requisitos do projeto. Os contemplados vão cumprir atividades de trabalho em órgãos públicos por cinco meses.

Os interessados devem fazer a inscrição até 30 de agosto (segunda-feira) por meio do site www.bolsadopovo.sp.gov.br ou presencialmente no Centro Unificado de Serviços (Centrus), localizado no número 210 da avenida Paulo Portela.

O programa é especificamente voltado aos trabalhadores desempregados, maiores de 18 anos, que não são beneficiários de Seguro Desemprego ou qualquer outro programa assistencial equivalente, com renda per capita de até meio salário-mínimo.

Além disso, o participante deve ser residente do estado de São Paulo por no mínimo dois anos, sendo que será aceito apenas um beneficiário por núcleo familiar.

Para se inscrever, o interessado deve acessar www.bolsadopovo.sp.gov.br e efetuar cadastro no botão “Entrar”, localizado no canto superior direito da tela. As inscrições são gratuitas, sendo necessário RG, CPF, Carteira de Trabalho e Comprovante de Endereço. Aqueles que não têm acesso à internet, poderão se dirigir ao Centrus entre os dias 24 e 30 agosto, das 8 às 16 horas, exceto durante o final de semana.

A iniciativa prevê a oportunidade de trabalho em órgãos públicos por 20 horas semanais, sendo quatro horas em cinco dias, além da qualificação profissional virtual de 80 horas, por meio da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Já a bolsa-auxílio é estimada em R$ 450, mais uma cesta básica no valor de R$ 85, totalizando a transferência mensal de R$ 535.

De acordo com o governo do Estado, serão adotados critérios de prioridade para mulheres arrimo de família, pessoas com maiores encargos familiares, maior tempo de desemprego e maior idade.

Para o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, a iniciativa representa uma importante alternativa frente aos desafios sociais atenuados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Ficamos muito felizes em incluir o município nesse programa que, sem dúvidas, vai ajudar muitas pessoas em todo o Estado. Seguimos firmes trabalhando no âmbito social, sempre em parceria com as pastas municipais, contando com o importante apoio das Secretarias Municipais de Assistência Social, de Educação, de Desenvolvimento Econômico e tantas outras, sem contar o Fundo Social de Solidariedade e o nosso Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), que também estão nessa tarefa multidisciplinar”, afirmou.

 

Veja Também