NOVIDADE

Um novo jornal e a mesma credibilidade; edição impressa de O Diário é repaginada para facilitar o manuseio e a leitura

NOVIDADE No formato berliner, o jornal busca facilitar o manuseio e a leitura, adequando-se aos tempos atuais, com perfil próximo das telas pequenas de tablets e smartphones.
NOVIDADE No formato berliner, o jornal busca facilitar o manuseio e a leitura, adequando-se aos tempos atuais, com perfil próximo das telas pequenas de tablets e smartphones.

Quem se lembra como era consumida a informação dez anos atrás? Como se assistia à televisão e filmes, de que maneira se ouvia música e quais eram os meios usados para a comunicação com amigos e familiares. Os modos de se informar foram radicalmente alterados e os veículos de comunicação também estão se adaptando às novas exigência do público consumidor.

Ao completar 62 anos, a edição impressa do jornal O Diário de Mogi chega nesta terça-feira (07) aos seus leitores em um novo formato, trocando o standard pelo berliner, com as dimensões e 315 x 470 mm, com mais espaço de leitura que o formato tabloide.

As alterações no formato – que tornam o jornal mais portátil e mais fácil de ser lido em casa, nos meios de transporte e outros ambientes – não alteram em um milímetro sequer a sua linha editorial definida desde a sua fundação pelo jornalista Tirreno Da San Biagio, voltada para a defesa intransigente da cidade e dos interesses maiores de seus habitantes.

Um novo jornal, sim; mas com a mesma credibilidade e os mesmos compromissos que marcaram a trajetória de O Diário como principal representante das aspirações, lutas e campanhas em favor de Mogi das Cruzes, ao longo de mais de meio século de jornalismo sério e voltado fundamentalmente para o interesse público.

Para nossos leitores, além das facilidades do novo formato, o jornal se compromete a manter a qualidade das informações que marcaram sua existência e relação diária com o público de Mogi das Cruzes e região.

As mudanças no jornal impresso vêm junto com a preocupação de fortalecer cada vez mais o jornal virtual, que passa a contar, a partir de hoje com uma novidade: o “Informação”, um podcast diário que será apresentado pelo jornalista Darwin Valente, ampliando o noticiário e comentários da coluna do mesmo nome, que ele assina no jornal impresso.

Referências

O formato berliner é usado por jornais que são referências mundiais, como o francês Le Monde e o britânico The Guardian, além de outros jornais europeus e norte-americanos. Na América Latina, outro exemplo é o El Colombiano, um jornal centenário que migrou para o novo formato há três anos.

No Brasil, os jornais da região Sul utilizam tradicionalmente o tamanho reduzido, como o líder Zero Hora, de Porto Alegre. Recentemente, O Povo, de Fortaleza, também foi redesenhado para o formato berliner.

A mudança também vem sendo adotada por diversos jornais do interior paulista, como o Jornal da Cidade, de Bauru; O Comércio da Franca, de Franca; O Vale, de São José dos Campos; Gazeta de Taubaté, também no Vale do Paraíba e O Liberal, de Americana, estes quatro últimos no formato tablóide. A aceitação também está diretamente relacionada com a adaptação do perfil de leitura, hoje mais moldado às telas pequenas de tablets e smartphones.

O Diário está se adaptando ao momento atual. O formato do jornal impresso está mudado e estamos investindo nas plataformas digitais para que possamos estar juntos com o nosso leitor o maior tempo possível”, afirma o diretor de Redação, jornalista Spartaco Da San Biagio, numa referência ao publicitário Nizan Guanaes, segundo o qual, “antigamente se lia jornal uma vez ao dia e hoje se lê jornal o dia inteiro”.

Mudanças satisfazem às exigências do mercado

O novo formato de O Diário veio para satisfazer uma exigência do mercado, que vinha cobrando do jornal um projeto mais dinâmico, com um novo layout que privilegia imagens, sem que a publicação perca sua principal característica, que é a a linha editorial sempre voltada para a defesa intransigente dos valores de Mogi das Cruzes e sua gente.

As afirmações são do publicitário e diagramador Carmelo Riolo, responsável pelas alterações e adaptações do projeto gráfico do jornal ao novo formato, que começa a circular a partir de hoje.

CONCEITO Carmelo Riolo: leitura mais fácil e agradável ao jornal diário. (Foto: Edson Martins)

Carmelo garante que o novo desenho de O Diário, com cinco colunas de texto por página, irá tornar a leitura mais fácil e agradável, já que a tipologia do antigo formato da publicação foi mantida e unificada para se adaptar ao novo estilo.

O diagramador ressalta também que, ao redesenhar o jornal, houve a preocupação em privilegiar o conteúdo, em especial o noticiário voltado principalmente para a cidade e região, sem esquecer as notícias nacionais, esportivas e culturais, além dos articulistas e do espaço para os leitores.

Além da forma de manuseio, o leitor terá em mãos um jornal mais compacto que irá privilegiar as ilustrações (fotografias), com um perfil mais leve e interessante. Ainda segundo Carmelo, o novo formato irá beneficiar também os anunciantes, que poderão apresentar suas campanhas em formatos diferenciados e de excelente visibilidade, garante.

Podcast terá como base a “Informação”

Enquanto prepara novas ações para sua edição digital, o jornal O Diário apresenta sua primeira novidade: um podcast intitulado “Informação”, produzido pelo jornalista titular da coluna do mesmo nome do jornal impresso, Darwin Valente, que a partir de hoje estará levando para o novo canal de comunicação a credibilidade do noticiário sobre assuntos que irão da política e economia até prestação de serviços e entrevistas com personagens ligados à vida da cidade e região.

O podcast poderá ser acessado diariamente na versão online do jornal, onde o leitor internauta poderá tomar conhecimento de notícias em primeira mão divulgadas pelo jornalista, que estará também ampliando os comentários publicados diariamente na coluna Informação.

O podcast do editor de O Diário deverá abrir caminho para que outros integrantes da redação do jornal também utilizem o novo canal para se comunicar com os internautas e assinantes do jornal virtual.

O fortalecimento da publicação online é outra permanente preocupação dos responsáveis pelo jornal, que prometem outras novidades para tornar o seu jornalismo ainda mais atual e vibrante, procurando valorizar as notícias em tempo real e as informações de última hora na plataforma digital, com a preocupação de manter também ali a tradição de qualidade e credibilidade do jornal que, neste final de ano, completou 62 anos de existência, um marco na história do jornalismo mogiano.


Deixe seu comentário