Diário Logo

Notizia Logo

Volta de Komura coloca quatro candidatos na disputa pela Mesa

O retorno do vereador Pedro Komura (PSDB) à Câmara Municipal, após um período como secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, levantou inevitáveis questionamentos. Mesmo com o vereador alegando que irá cuidar da reestruturação do partido que hoje preside, preparar a chapa de candidatos a vereador e cuidar de sua própria campanha à reeleição, houve quem […]

11 de agosto de 2023

Reportagem de: O Diário

O retorno do vereador Pedro Komura (PSDB) à Câmara Municipal, após um período como secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, levantou inevitáveis questionamentos. Mesmo com o vereador alegando que irá cuidar da reestruturação do partido que hoje preside, preparar a chapa de candidatos a vereador e cuidar de sua própria campanha à reeleição, houve quem visse outras intenções por trás dessa volta.

Diante da polarização na disputa pela presidência da Mesa Diretora da Câmara entre dois integrantes do PL (Clodoaldo de Moraes, pró-prefeito, e José Francimário “Farofa” Vieira de Macedo, de oposição), o nome do vereador mais antigo do Legislativo poderia surgir como uma espécie de terceira via para dar mais força ao grupo político do prefeito Caio Cunha (PODE).

O assunto chegou a ganhar os corredores e alguns gabinetes da Câmara, quando Komura lá esteve, nesta quarta-feira (9) para comunicar aos amigos o seu retorno, no próximo dia 22. Bem ao seu estilo, quando indagado sobre o assunto, o vereador deixava transparecer um sorriso enigmático, como se o interlocutor pudesse ter alguma razão.

Komura, no entanto, deve ter muito trabalho pela frente no comando do PSDB e não deverá sobrar tempo para cuidar de uma campanha eleitoral antecipada: a da Mesa da Câmara.

Por isso mesmo, já se comenta que a opção mais alinhada ao prefeito Caio Cunha poderia ser a vereadora Fernanda Moreno (MDB), que tem demonstrado habilidade no trato das questões políticas e ainda poderia levar vantagem por ser alguém capaz de arrebanhar os votos das outras duas mulheres da Câmara – Inês Paz (PSOL) e Malu Fernandes (SDD) – com o apelo de vir ser a primeira mulher a assumir o comando do Legislativo mogiano.

Outros atributos de Fernanda seriam a sua experiência, já que está concluindo o seu segundo mandato, e respeito desfrutado por ela junto aos companheiros e companheiras de Câmara Municipal.

O nome de Fernanda passou a ser melhor avaliado, depois que ficou evidente a impossibilidade de saírem dois candidatos do PL concorrendo ao cargo de presidente. Com a disputa interna entre Clodoaldo e Farofa, o que faria o grupo do prefeito se o escolhido fosse o seu contumaz adversário?

Diante dessa possível situação, o melhor mesmo será ter uma carta na manga. E essa carta pode ser justamente Fernanda Moreno, que pertence ao MDB, partido que é comandado, na prática, pelo ex-vereador Mauro Araújo, hoje um aliado direto de Caio Cunha.

Veja Também