Diário Logo

O Diário Logo

Trens só vão até Suzano e provocam reclamações de passageiros

Decisão da CPTM interrompe viagens da Estação Luz até a Estudantes, em Mogi das Cruzes; empresa fala em resultados positivos

22 de fevereiro de 2024

A ação está sendo mantida nos horários de pico, ou seja, manhã e tarde / Foto: Reprodução

Reportagem de: Ana Lívia Terribille

Os trens da linha 11-Coral, que vão da estação Luz até Estudantes, estão realizando paradas em Suzano devido a uma estratégia adotada pela CPTM. No entanto, relatos da população expõem que este episódio está se tornando insatisfatório.

A equipe do O Diário conversou com o Matheus Ponso, estudante de Arquitetura e Urbanismo, para saber qual sua opinião sobre a parada. Segundo ele, a situação está gerando problemas. “Antigamente, eu chegava na faculdade no horário, mas agora estou chegando com 10, 15 minutos de atraso. Então, para mim, essa situação está atrapalhando.”

“Além disso, temos que aguardar em torno de dez minutos na estação de Suzano até vir o próximo trem.”

Fora ele, outras três estudantes que não quiseram se identificar, compartilharam da mesma ideia. De acordo com elas, mesmo saindo mais cedo de suas casas, ainda enfrentam transtornos, já que chegam atrasadas, devido à espera do transporte.

Em nota, a CPTM disse que está sendo mantida a estratégia operacional na Linha 11-Coral com viagens entre as estações Luz e Suzano, nos horários de pico da manhã e tarde, além das viagens já existentes nos trechos entre as estações Luz e Guaianases (loop interno) e Luz e Estudantes.

A estratégia complementar adotada para minimizar os impactos da alta demanda durante a realização das obras de melhorias na Linha 12-Safira, ocorridas entre 26 de dezembro do ano passado e 13 de fevereiro de 2024, mostrou resultados favoráveis nas manobras operacionais, propiciando mais fluidez na circulação no trecho de maior movimento, entre Luz e Suzano, que representa 91,4% da demanda da linha.

O trecho entre as Estações Luz e Suzano, além de transportar aproximadamente 475.300 passageiros por dia útil, ou seja, 91,4% dos 520.000 passageiros de toda a Linha 11-Coral, não possui nenhuma passagem em nível (PN), permitindo uma circulação mais fluída aos trens sem interferências na via férrea, além de permitir que a CPTM adote estratégias mais eficazes nos horários de pico, facilitando, por exemplo, a injeção de novas composições na circulação da linha mais movimentada da companhia”, completou a nota.

Clique aqui e siga o canal do WhatsApp de O Diário!

Veja Também