Diário Logo

O Diário Logo

Copa Mogi Alabarce carrega histórias de pais e filhos

competição chega à sua terceira rodada neste domingo, com algumas equipes (e favoritos) já garantidos para o mata-mata

28 de julho de 2023

Competição movimenta programação esportiva | Divulgação/PMMC

Reportagem de: O Diário

O futebol de várzea é uma tradição transmitida de geração em geração. É nas arquibancadas e gradis que a modalidade amadora mostra suas características, como a rivalidade entre bairros. E nesses espaços, muitas vezes, surgem ‘figurões’ que são lembrados mesmo após o fim dos campeonatos. Na Copa Mogi Alabarce 2023 não é diferente, tendo registrado disputas animadas. A competição chega à sua terceira rodada neste domingo, com algumas equipes (e favoritos) já garantidos para o mata-mata.

Muito se fala no espírito de família do futebol amador. Em alguns exemplos, esse é literalmente o caso. Uma das ‘figuras’ que acompanha os jogos  da competição que reúne os 32 melhores times do futebol amador de Mogi, é Severino do Ramo, 52 anos, mais conhecido como ‘Tio Bia’. Na arquibancada ele chega com bom humor e memória afiada de histórias desde sua infância difícil na Paraíba. Ele conta que não pôde jogar futebol quando criança. Adulto, fez de tudo para transmitir a paixão aos filhos. Um deles representa neste ano o Jardim Layr – atual vice-campeão da Copa Alabarce. No ano passado, tinha também outro filho jogando pela equipe, que foi contratado por um clube do sul. Pai orgulhoso, ele se diz realizado.

O Jardim Layr, inclusive, vem forte esse ano. Com duas vitórias nas duas primeiras rodadas do Grupo B, o time já soma 6 pontos – venceu o Vila Cléo por 3 a 1 e o Estrela Vermelha por 1 a 0 (confira o resulto de outros times abaixo).

“Tio Bia” é uma das pessoas que sabem o potencial do futebol para transformar vidas. Os filhos seguiram o caminho. Precisou trabalhar desde novo para o sustento da família, sem tempo para estudos, muito menos para o esporte. Sem permitir distrações, o pai, de quem não guarda nenhum rancor, chegava até a rasgar as bolas que ele improvisava. “Era outra época”, conta. Adulto, mudou-se para Mogi em busca de oportunidades. Se firmou, montou família e decidiu dar aos filhos aquilo que não pôde ter. Treinou os filhos Nícolas e de Vinícius Dominique desde pequenos, que acabaram se tornando peças de destaque nas duas edições da Copa Mogi Alabarce.
O primeiro foi goleiro da equipe, o segundo lateral direito.

Muito religioso e sempre agradecendo as graças de Deus na vida, apesar das dificuldades, “Tio Bia” morador do Jardim Aeroporto, conta que hoje quer ajudar o maior número de pessoas possível a seguir suas paixões.

Nícolas não joga a competição este ano, pois agora está defendendo um time do sul do País, para a alegria do pai coruja que enxerga a mudança como uma bênção. Vinícius continua em campo pela equipe, que este ano tem a meta de se tornar campeã, após bater na trave na última edição.

Ele tem ainda um terceiro filho, de apenas cinco anos, que também “já gosta da bola”.

“O goleiro começou no futebol com 5 anos. Me perguntava: ‘você não vai me treinar?’. Começou com a equipe sub-13 até sub-18 e foi indo. Onde tinha que estar, nós íamos. Eu vendia rifas para que isso acontecesse”, lembra. “Cada pessoa que comprou, eu agradeço imensamente até hoje”, relata, sendo um exemplo de muitas histórias que formam o que é o futebol amador.

“Tio Bia” é um dos exemplos que mostra que a torcida pode estar dividida por mais de um time. Ele torce para o jardim Layr e também para o Santa Teresa, que ele e o filho são ligados. “O que eu não tive na minha infância eu faço hoje. Pois meu pai, uma pessoa maravilhosa, precisava de nós para ajudá-lo. Ele não tinha a mesma visão do esporte que eu”, diz, sempre dando risada.

“Mas Deus nos usa para dar bênção. Eu precisava quebrar esse tabu e hoje passo para os meus filhos o que não pude ter”, assinala o paraibano que preserva memória afiada, citando o dia que chegou a Mogi para trabalhar como faxineiro da Julio Simões. Hoje é pedreiro.
Ele comenta que ajuda nos treinos das crianças do bairro. “Tem muita criança querendo jogar bola”.

O pai sempre sonhou em jogar bola, mas não pôde realizar. Porém, hoje se diz realizado vendo os filhos e conhecidos participando da competição mogiana.

“É uma oportunidade. Antigamente era isso que faltava, chance de jogar”, finaliza.
O filho mais novo, de apenas 5 anos, é um deles.

“Novo que só, mas gosta da bola igual a mim e à mãe”, ri Severino.

O lateral Vinícius conta que a emoção neste ano é maior, sendo um dos fatores a presença do pai.
“Estamos lutando para tentar chegar novamente e levar o título dessa vez, não levar na trave outra vez”, declara o jogador. A chave tem bastante time trucado, bom, com bastante qualidade. Precisamos suar bastante a camisa”, conta fazendo referência aos adversários.

Times invictos e 5×1 é a maior goleada até agora

A Copa Mogi Alabarce tem cinco times com 100% de aproveitamento: Jardim Layr, Azulão, Bomtivê, São Francisco e Vila Rica
A primeira rodada teve 52 gols em 16 confrontos com 32 times em campo, média de 3,25 gols por jogo. Foi nessa etapa que aconteceram as maiores goleadas: Império 5 x 1 Estrela Negra e Villa Ressaca e Família 5 x 1 Spartanoos.

Já na segunda rodada, no último domingo (23) foram 41 gols nas 16 partidas realizadas.

Equipes já garantiram lugares na próxima fase da competição, que será disputada no formato eliminatório, o temido mata-mata.

Jardim Layr já acumula 6 pontos no Grupo B, com duas vitórias.
Outros dois times que estão com 100% de aproveitamento são Azulão e Bomtivê, ambos do Grupo C. O Azulão conquistou duas vitórias por 3 a 0, contra Santa Cruz e Águia Negra, enquanto o Bomtivê venceu por 4 a 0 a Águia Negra e por 3 a 0 o Santa Cruz. A última rodada será crucial para definir a ordem de classificação dessas equipes.

No Grupo E, o São Francisco se destaca com duas vitórias: 1 a 0 sobre o Jundiapeba e 2 a 1 sobre o Apoema. E no Grupo H, o Vila Rica praticamente garantiu sua vaga ao vencer suas duas partidas por 3 a 0, contra Vila Ressaca e Spartanoos.

Confira os resultados da segunda rodada da competição: (Grupo A) Viela 0 x 0 Enfrenta; Sport Clube 13 4 x 0 Bahia Aliados. (Grupo B) Jardim Lair 1 x 0 Estrela Vermelha; Vila Cléo 2 x 1 Águias Varinhas. (Grupo C) Azulão 3 x 0 Águia Negra; Bomtivê 3 x 0 Santa Cruz. (Grupo D) Santa Tereza 1 x 1 Império; Estrela Negra 0 x 0 Porto. (Grupo E) São Francisco 2 x 1 Apoema; Jundiapeba 4 x 0 Mogi Benfica. (Grupo F) Vila da Sorte 5 x 0 Vila São Paulo; Villa Estação 1 x 1 Leões do CGDA. (Grupo G) Vila Industrial 1 x 1 Dragão Negro; Flamenguinho 2 x 0 Correndo Pelo Certo. (Grupo H) Vila Rica 3 x 0 Spartanoos; Vila Ressaca 2 x 2 Família.

As emoções da terceira e última rodada da fase de classificação da Copa Mogi Alabarce estão marcadas para o próximo domingo, dia 30. Os jogos acontecerão em quatro locais diferentes, simultaneamente, com entrada franca: Centro Esportivo de Biritiba Ussu, na Rodovia Mogi-Bertioga, nº20.001 – Biritiba Ussu; Campo do São Francisco, no Parque Leon Feffer, Avenida Valentina Mello Freire Borenstein, s/nº – Vila São Francisco; Centro Esportivo de Sabaúna, na Rua José Paniagua Sanches, nº19 – Sabaúna; e Centro Esportivo de Braz Cubas, na Rua Schwartzmann, 760 – Braz Cubas.

Próximos jogos

Domingo (30) será um dia decisivo na Copa Mogi Alabarce. É a última rodada da fase inicial e as equipes estão prontas para garantir a classificação.

Nesta fase inicial, cada equipe enfrentou os adversários dentro de seus respectivos grupos, e as duas melhores de cada chave avançarão para as oitavas de final, garantindo mais partidas emocionantes.

No campo do CER Sabaúna, os grupos A e B entrarão em ação. Às 9 horas, Enfrenta e Bahia Aliados disputarão uma vaga nas oitavas de final. Em seguida, às 10h45, o Sport Club 13 medirá forças com o Viela. Às 12h30, Jardim Layr e Águia Varinhas se enfrentarão, enquanto o Estrela Negra terá um desafio contra o Vila Cléo às 14h15.

As partidas também agitarão o campo do CER Biritiba Ussu, onde os grupos C e D jogarão. Às 9 horas, o Azulão enfrentará o Bomtivê, embora ambas as equipes já estejam garantidas nas oitavas de final. Logo depois, às 10h45, o Águia Negra terá pela frente o Santa Cruz. Às 12h30, será a vez do atual campeão, Império, duelar contra o Porto pelo grupo D. Para encerrar o dia no local, Santa Cruz e Estrela Negra buscarão a pontuação necessária para seguirem no campeonato, às 14h15.

A competição continua no CER Braz Cubas, onde os grupos E e F disputarão suas partidas. O São Francisco terá um desafio às 9 horas contra o Mogi Benfica em busca de somar pontos. Às 10h45, Apoema e Jundiapeba entrarão em campo para um confronto decisivo. Em seguida, às 12h30, Vila da Sorte e Leões do CDGA lutarão pela vaga, enquanto o Vila São Paulo enfrentará o Villa Estação às 14h15.
No Campo São Francisco, localizado no Parque Leon Feffer, será a vez dos grupos G e H mostrarem seu talento na terceira rodada. Às 10h45, o Vila Industrial e o Flamenguinho protagonizarão um duelo pela liderança do grupo G. Na sequência, às 12h30, o Vila Rica enfrentará o Família para decidir quem ficará em primeiro lugar do grupo H. Para encerrar o dia de jogos, às 14h15, Spartanos e Vila Ressaca se enfrentarão, e às 16 horas, o Correndo Pelo Certo vai medir forças com o Dragão Negro.

Veja Também