Diário Logo

O Diário Logo

Psicopatas nas ruas e nos poderes

Quantas pessoas conhecemos que são bem vestidas, se apresentam com postura adequada e que jamais alguém imaginaria que é um doente.

8 de junho de 2024

Foto ilustrativa | Reprodução

Reportagem de:

Este é o mundo moderno! As mais diversas doenças mentais estão tomando conta de pessoas. Quando menos se espera surgem ações inesperadas que provocam mortes e a sociedade fica chocada.

Quantos massacres como do Realengo no Rio de Janeiro demonstra que os serviços de doenças mentais são deficientes ou quase inexistentes. Há namorados doentes que matam as suas namoradas na flor da idade porque estas se recusaram a continuar o namoro. Bandidos que colocam crianças dentro de um veículo e ateiam fogo para se vingar dos pais dos menores.

O brasileiro gosta de seguir os passos dos americanos do norte e, como se não bastasse acompanhar filmes, cultura e o turismo, agora passa a imitar os massacres. O pior é que há psicopatas e malucos em alguns setores dos três poderes partindo para violências e buscando os seus interesses.

É triste saber que psicopatas atacam também crianças e adolescentes cheios de esperanças e sonhos que acabam assassinados em frente aos seus familiares.

De acordo com psiquiatras e estudiosos, “os psicopatas não são pessoas com cara de mau, truculento, de péssima aparência e nem parece ser criminoso”. Um psicopata poderia muito bem ser um artista de teatro ou de telenovela, pois representa e engana a todos.

Quantas pessoas conhecemos que são bem vestidas, se apresentam com postura adequada e que jamais alguém imaginaria que é um doente.  Estas pessoas topam qualquer coisa para atingir os seus objetivos sórdidos e maldosos. Revelam total insensibilidade e nada sentem com a dor dos semelhantes. É como se não tivessem consciência alguma.

Os psicopatas “são frios, manipuladores, cruéis e destituídos de compaixão ou remorso”. É assustador!

Já não se pode confiar em ninguém, pois, mesmo estando ao lado de pessoa de boa aparência, educada e respeitosa, ainda assim, corremos perigo, pois os psicopatas estão em todos os lugares, embora seja minoria.  Há inúmeros casos de mulheres que são atacadas por pessoas do seu convívio.

Ultimamente, namoradas têm sido atacadas e assassinadas pelos namorados psicopatas. Aí vem o comentário: “Jamais imaginei que aquele moço tão bom, educado e honesto, fosse capaz de acabar com a vida daquela jovem tão linda”.

Os psicopatas e esquizofrênicos estão por todos os lados. Todo cuidado é pouco até com os vizinhos. O que fazer?

Veja Também