Diário Logo

O Diário Logo

10 atividades físicas para quem não gosta de musculação

A musculação é focada no desenvolvimento da força e resistência muscular por meio do levantamento de pesos e uso de aparelhos de resistência. No entanto, muitas pessoas não se identificam com essa modalidade e acabam desistindo de se exercitar, acreditando que outros exercícios físicos não possuem o mesmo efeito. Até por isso, segundo a pesquisa […]

2 de julho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

A musculação é focada no desenvolvimento da força e resistência muscular por meio do levantamento de pesos e uso de aparelhos de resistência. No entanto, muitas pessoas não se identificam com essa modalidade e acabam desistindo de se exercitar, acreditando que outros exercícios físicos não possuem o mesmo efeito. Até por isso, segundo a pesquisa Saúde e Trabalho, realizada pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), 52% dos brasileiros raramente praticam atividade física.

Para Ana Carolina Matos, profissional de educação física da TotalPass, que oferece soluções de saúde integrada no âmbito corporativo, a falta de conhecimento sobre a diversidade de opções de atividades físicas é um fator significativo que pode levar as pessoas a desistirem de se exercitar.

“Por não gostarem de treinar, muitos preferem passar longe de uma academia e acabam não praticando nenhuma atividade física. Mas existem diversas modalidades de exercícios para experimentar e colher benefícios que a prática de esporte regular pode trazer para o bem-estar”, explica.

Pensando nisso, a especialista lista dez modalidades para aquelas pessoas que desejam começar a se movimentar. Confira abaixo!

1. Natação

A natação é uma das modalidades mais queridas e procuradas. “Ela é ideal para quem tem asma ou problemas respiratórios, pois exige um grande trabalho dos pulmões. Além de melhorar o sistema cardiorrespiratório, ela trabalha todos os músculos do corpo, sendo uma atividade física completa”, explica Ana Carolina.

2. Funcional

O treino funcional pode ser uma ótima pedida para quem tem críticas à monotonia dos treinos de musculação. Os exercícios são realizados em formato de circuito: séries curtas e intensas, repetindo-se durante a mesma aula, tornando-as mais dinâmicas.

Mulher jovem fazendo exercícios de crossfit
O crossfit é um tipo de atividade física que exige bastante do corpo (Imagem: MAD_Production | Shutterstock)

3. Crossfit

A prática de crossfit é muito semelhante à musculação, porém é mais dinâmica e procura trabalhar o condicionamento físico, além do treino de força. “É um tipo de exercício que exige bastante do corpo e engloba grandes grupos de músculos, sendo perceptível a evolução do aluno ao longo do tempo”, pontua.

4. Beach tennis

O beach tennis é uma modalidade nova que começou a se profissionalizar em 1996. Ela junta atributos do tênis, do vôlei de praia e do badminton. “Este exercício é ótimo para perder calorias, pois pode queimar até 600 calorias por hora. Além disso, a prática na areia é uma maneira saudável de melhorar o sistema cardiovascular sem gerar muito impacto para os joelhos”, reforça a profissional.

5. Boxe

Aulas de boxe trabalham ombros, braços, costas e abdômen, assim como possuem exercícios focados no condicionamento físico, como corridas, pulos de corda e abdominais.

6. Corrida

Segundo Ana Carolina, o treino de corrida é um dos mais praticados e fáceis do mundo. Isso porque não é necessário ter um horário fixo para correr nem depender de aulas.

7. Hidroginástica

A hidroginástica é um exercício completo para quem busca por uma modalidade com baixo nível de condicionamento físico e impacto. “Ela pode ajudar a melhorar o sistema cardiovascular, o equilíbrio e a coordenação”, afirma.

Grupo de mulheres praticando yoga em estúdio
A prática de yoga faz bem para a saúde física e mental (Imagem: LightField Studios | Shutterstock)

8. Yoga

O yoga é uma prática que busca envolver a respiração, a meditação e o controle do corpo. “Existem diferentes tipos de yoga, alguns mais focados em relaxamento e alongamento e outros em equilíbrio e força”, explica Ana Carolina.

9. Jiu-Jitsu

O jiu-jitsu é uma arte marcial japonesa baseada no uso do corpo como alavanca e defesa. “Ela é uma luta que trabalha o corpo de forma completa, além de ajudar a reduzir o estresse e a melhorar a coordenação motora. É importante que se pratique o jiu-jitsu em uma academia conveniada, para evitar lesões e aprender os golpes de forma correta”, destaca a profissional.

10. Pilates

Segundo Ana Carolina, o pilates ajuda no condicionamento físico, consciência corporal e equilíbrio entre corpo e mente. “Ele trabalha a musculatura e a postura, além de prevenir e ajudar no tratamento de lesões”, completa.

Por André Gravatin

Veja Também