Diário Logo

O Diário Logo

10 benefícios da meditação para a saúde

Se o estresse está causando ansiedade, tensão e preocupação em você, considere experimentar a meditação. Mesmo dedicando poucos minutos à prática, é possível restaurar a calma e a paz interior, e todos estão aptos a praticá-la. “O equilíbrio atingido favorecerá a compreensão sobre como agimos, reagimos e enfrentamos as questões que nos trazem satisfação ou […]

20 de maio de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Se o estresse está causando ansiedade, tensão e preocupação em você, considere experimentar a meditação. Mesmo dedicando poucos minutos à prática, é possível restaurar a calma e a paz interior, e todos estão aptos a praticá-la.

“O equilíbrio atingido favorecerá a compreensão sobre como agimos, reagimos e enfrentamos as questões que nos trazem satisfação ou sofrimento, viabilizando a estruturação de mudanças internas, as quais nos levarão a buscar transformações no nosso ambiente externo”, enfatiza Edson Moraes, coach executivo e sócio do Espaço Meio.

Você pode meditar em qualquer lugar; em transportes, dentro de casa ou até mesmo em grupos guiados. A prática é adotada por diversos motivos, e os benefícios são expressivos em todas as idades. “Pode parecer estranho no início, mas a persistência na prática diminui a ansiedade, melhora a depressão e o sono, controla a pressão arterial e diminui os batimentos cardíacos”, conta Edson Moraes.

Em busca de incentivar a prática, separamos 10 benefícios da meditação para a saúde! Confira.

1. Reduz o estresse

O estresse, independentemente de sua origem mental ou física, quando não é adequadamente gerenciado, pode acarretar danos ao corpo. Isso porque está associado à liberação de substâncias inflamatórias chamadas citocinas, que podem desencadear uma série de problemas, incluindo pressão alta, ansiedade, insônia, depressão e dificuldade de concentração. Além disso, um estudo de 2018 publicado no Journal of Rheumatology descobriu que a meditação baseada em mindfulness foi eficaz no alívio da dor e da fadiga em pessoas com fibromialgia.

2. Ajuda a controlar a ansiedade

Ansiedade e estresse não são a mesma coisa. A meditação permite que alguém lide e reaja positivamente à ansiedade, seja ou não causada por estressores específicos. Para obter os benefícios de alívio da ansiedade, é necessária a prática regular.

3. Melhora a saúde mental

Alguns tipos de meditação podem levar a uma maior autoconfiança e uma visão positiva da vida, isso pode ajudar a reduzir os sintomas de depressão, diminuir a frequência de pensamentos negativos e gerar mais positividade no dia a dia.

4. Aumenta a autoconsciência

A meditação é uma das mais eficazes maneiras de melhorar a autoconsciência. A prática regular ajuda a desenvolver uma melhor compreensão de si. “A autoconsciência é o começo de tudo. Precisamos ter mais consciência dos nossos pensamentos e entendê-los, uma vez que, por meio dessa prática, podemos aprender a compreender as emoções e conseguimos transformá-las em padrões de comportamento”, comenta a especialista Thais Galassi, palestrante, escritora e especialista em mindset.

Mulher sentada no tapete respirando com pose de lótus de meditação
A meditação ajuda a tornar a prática física mais eficiente (Imagem: 220 Selfmade studio | ShutterStock)

5. Desenvolve a atenção

A prática meditativa permite que você mantenha o foco por períodos mais extensos. “Meditar é se reconectar e sentir o que está acontecendo no aqui e agora, sem pensar no passado e futuro. Estar presente nos traz um estado de centramento, clareza mental e equilíbrio emocional”, explica Patricia Calazans, life e executive coach pela International Coaching Community.

Ainda, com a atenção plena durante exercícios físicos, você se concentra no movimento, na respiração e na evolução corporal. Isso pode melhorar sua concentração durante o treino e torná-lo mais eficiente.

6. Melhora o sono

A técnica pode reduzir o tempo necessário para adormecer e melhorar a qualidade do sono. “Meditar é dar descanso profundo ao seu corpo com qualidade que nem um sono mais profundo é capaz de lhe proporcionar”, garante Patricia Calazans.

7. Diminui dores musculares

Meditar pode ajudar a reduzir a dor e melhorar o emocional. Junto aos cuidados médicos, isso auxilia no tratamento da dor crônica. A percepção da dor está intimamente ligada à mente e pode ser elevada quando se está sob estresse.

8. Maior compaixão e redução de inseguranças

Durante a meditação, é possível desenvolver uma perspectiva mais equilibrada e realista em relação a si e ao mundo ao redor, de modo a quebrar crenças negativas e inseguranças. A prática pode ajudar a se compreender melhor e aumentar sentimentos e ações positivas diante dos outros.

“Quando a gente consegue ter consciência daquilo que a gente pensa, do nosso padrão mental, das nossas crenças, nós paramos de olhar para fora e mergulhamos dentro do nosso interior. Assim, ao adquirir essa autoconsciência, começamos a curar o nosso passado e a mudar a nossa qualidade dos pensamentos”, complementa Thais Galassi.

9. Melhora as relações interpessoais

Práticas de meditação, especialmente a meditação da bondade amorosa (metta bhavana), incentivam sentimentos de empatia e compaixão. Isso pode ajudar a entender e se conectar melhor com as emoções dos outros. Além disso, meditar pode ajudar a desenvolver habilidades de escuta ativa e atenção plena nas conversas, o que melhora a qualidade da comunicação.

10. Reduz a reatividade emocional

A meditação ajuda a desenvolver a capacidade de observar pensamentos e emoções sem reagir impulsivamente a eles. Isso pode resultar em respostas mais ponderadas durante conflitos, evitando discussões acaloradas e melhorando a resolução de problemas.

Veja Também