Diário Logo

O Diário Logo

3 dicas para criar um armário cápsula para o inverno

Com a troca de estação, é necessário tirar do armário as peças mais quentes e até mesmo se preparar para investir em novas. Apesar de os modelos de inverno terem um custo um pouco maior, é possível renovar as produções gastando pouco. Para deixar esse processo muito mais fácil e barato, Indira Magalhães, coordenadora de […]

18 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Com a troca de estação, é necessário tirar do armário as peças mais quentes e até mesmo se preparar para investir em novas. Apesar de os modelos de inverno terem um custo um pouco maior, é possível renovar as produções gastando pouco. Para deixar esse processo muito mais fácil e barato, Indira Magalhães, coordenadora de estilo da Caedu, traz como solução o conceito de armário cápsula.

“Apesar de popularizado recentemente, essa proposta surgiu na década de 70 pela estilista Susie Faux, que apresentou a ideia de criar um closet com poucas peças, mas com modelagens atemporais e versáteis que, além de combinarem entre si, também não deixassem de lado o estilo pessoal de cada um”, compartilha a profissional.

Segundo ela, a dinâmica é simples: uma quantidade de partes de baixo para um pouco mais de partes de cima e algumas sobreposições. Para entender melhor sobre as quantidades e em quais peças investir, Indira Magalhães explica como criar um armário cápsula com apenas dez peças que permitem até 36 combinações. Confira!

1. Partes de baixo

Mulher sentada posando para foto usando blusa de lã verde e calça bege
Calças em tons neutros facilitam a combinação com as peças de cima (Imagem: triocean | Shutterstock)

A profissional indica começar a escolha das partes de baixo, pois elas serão a base dos looks. “Três peças são o suficiente, mas devem ser bem pensadas. Apostar em tons neutros é sempre uma boa escolha, como preto, branco, cinza, bege ou azul-marinho. Assim, é possível combiná-las com a maior variedade de peças de cima e sobreposições”, comenta.

Outra dica da coordenadora de estilo é procurar por modelos com tecidos de qualidade: “já que a ideia é produzir vários looks com as mesmas peças é importante prezar pela durabilidade!”, diz.

2. Partes de cima

Mulher vestindo blusa preta e calça bege olhando para baixo posando para foto
Blusas de manga longa e em tons neutros são fáceis de combinar e perfeitas para o início do dia (Imagem: indira’s work | Shutterstock)

As partes de cima serão as responsáveis por dar uma cara nova ao look. De acordo com Indira Magalhães, para escolher essas peças é possível seguir o mesmo princípio das partes de baixo, mas com um adicional. “Sugiro investir em peças neutras que facilmente são combinadas, mas vale adicionar alguns modelos com cores complementares ou mais vibrantes”.

Para a profissional, quatro partes de cima são ideais para um armário cápsula de frio. Como dica extra, ela aconselha apostar em blusas de gola, que trazem um charme especial à produção. Croppeds e blusas de manga longa para o início do dia também são bem-vindos.

3. Sobreposições

Mulher vestindo calça bege e blusa de tricô branca sentada posando para foto
Tecidos de algodão são perfeitos para looks confortáveis e estilosos (Imagem: LightField Studios | Shutterstock)

Para completar o armário cápsula de inverno, Indira Magalhães indica investir em pelo menos três peças para sobrepor. “Cardigãs, suéteres e jaquetas jeans são ótimas opções para criar camadas na produção. Tecidos de algodão, linho, viscose e lã são escolhas certeiras para um look quentinho, confortável e com muito estilo durante o frio. Neste caso, vale variar no corte das peças que vão dar o toque final”, finaliza a coordenadora de estilo.

Por Carolina Miranda

Veja Também