Diário Logo

O Diário Logo

3 motivos para visitar a cidade Petra

Há muito o que ver em Petra, na Jordânia. Você pode visitar os templos, os diversos túmulos e o anfiteatro romano. Indica-se reservar dois dias inteiros para explorá-la. Esse tempo é suficiente para percorrer quase todo o sítio arqueológico, um dos mais importantes do mundo. Abaixo, veja dicas para aproveitar o melhor do destino! 1. […]

14 de abril de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Há muito o que ver em Petra, na Jordânia. Você pode visitar os templos, os diversos túmulos e o anfiteatro romano. Indica-se reservar dois dias inteiros para explorá-la. Esse tempo é suficiente para percorrer quase todo o sítio arqueológico, um dos mais importantes do mundo.

Abaixo, veja dicas para aproveitar o melhor do destino!

1. Tesouro

O monumento mais conhecido e fotografado de Petra é provavelmente o Tesouro. Ficou famoso depois do filme “Indiana Jones e a Última Cruzada”, tendo sido rodado lá. Para chegar, você deve passar pelo Siq, um desfiladeiro muito comprido e estreito com paredes que chegam a ter mais de 80 metros de altura.

Caverna do Ad Deir - Mosteiro na antiga cidade de Petra, Jordânia:
Petra é uma das sete novas maravilhas do mundo moderno (Imagem: tenkl | Shutterstock)

2. Patrimônio da Humanidade pela UNESCO

Idolatrada por arqueólogos e historiadores, Petra é um grande destino para exploradores que buscam aventura e história. É um lugar único e uma das sete novas maravilhas do mundo moderno.

3. Anfiteatro

O anfiteatro de Petra é uma cópia dos antigos teatros greco-romanos. Em formato circular, foi construído no século I d.C. para abrigar uma plateia de 3 a 5 mil espectadores. Magnífico, não? Na minha opinião, vale a pena contratar um dos guias que ficam na entrada do parque para conhecer melhor o local e sua rica história.

Por Flávia Ribeiro – revista Qual Viagem

Na busca pelo que faz seu coração vibrar, ela já colocou em seu currículo de viajante aventuras como descer corredeiras na Nova Zelândia, mergulhar em naufrágios da Segunda Guerra Mundial no Mar Vermelho, pedalar nas curvas da estrada da morte na Bolívia, fazer trekking em locais incríveis na Patagônia e por aí vai.

Veja Também