Diário Logo

O Diário Logo

4 destinos empolgantes para visitar na Sevilha

Distante de Madri a um pouco mais de 500 quilômetros, Sevilha é uma cidade que não pode passar em branco em uma viagem pelo sul da Espanha. Castanholas, touradas e muita história você vai encontrar nesse destino empolgante, mas prepare-se para o calor. No verão, a cidade chega a ter sensação térmica próxima dos 50 °C. […]

9 de abril de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Distante de Madri a um pouco mais de 500 quilômetros, Sevilha é uma cidade que não pode passar em branco em uma viagem pelo sul da Espanha. Castanholas, touradas e muita história você vai encontrar nesse destino empolgante, mas prepare-se para o calor. No verão, a cidade chega a ter sensação térmica próxima dos 50 °C.

A seguir, confira 4 destinos empolgantes para visitar na Sevilha!

1. Torre del Oro e Ponte de Triana

Caminhe às margens do rio para encontrar a Torre del Oro. Aproveite para cruzar a pé a Ponte de Triana e mergulhe nas construções mouras do outro lado, que tem diversas opções de bares e restaurantes. Vale um almoço por lá! E tem muito mais.

2. Real Alcázar

Conheça Real Alcázar, o bairro de Santa Cruz e a arena de touros, a segunda mais antiga da Espanha. É uma cidade linda, então recomendo pelo menos três dias por lá para poder conhecer parte das atrações. Outra dica é que, devido ao forte calor, é tradição a cidade parar para a siesta, quando praticamente tudo fecha após o almoço. Então, planeje bem o seu roteiro e aproveite!

Praça ds Espanha, em Sevilha
A Praça da Espanha tem uma arquitetura esplendorosa que conta muito sobre a história do país (Imagem: SCStock | Shutterstock)

3. Praça de Espanha

Uma das praças mais lindas que já conheci, com mais de 50 mil m² e uma arquitetura esplendorosa que conta muito sobre a história espanhola. Perca-se nos detalhes! É possível passear de charrete, de barco ou simplesmente caminhar e contemplar.

4. Catedral de Sevilha

Ela é a maior catedral da Espanha e a terceira maior do mundo. Fica na região central, que, aliás, foi onde fiquei hospedada e recomendo, pois consegui fazer quase tudo a pé. A catedral fica aberta para visitação, mas prepare-se para horas de fila e um mundo de gente na alta temporada. E, no mesmo local, está a Giralda, onde era uma mesquita na época em que Sevilha era muçulmana. É uma construção linda e cheia de detalhes que à noite ganha um charme especial com a sua iluminação.

Por Sofia Stegle – revista Qual Viagem

Adora o novo, desafios e um tanto de aventura. Já teve a oportunidade de estudar fora e imergir em diferentes culturas. Sobre números, já foram mais de 70 países, cidades.

Veja Também