Diário Logo

O Diário Logo

4 livros sobre adoção para ler com crianças e adolescentes

Atualmente, mais de 5 mil crianças e adolescentes no Brasil estão aptos para adoção, enquanto cerca de 36 mil famílias estão dispostas a adotar. No entanto, apenas 2,7% dessas famílias aceitam adotar crianças acima de dez anos, deixando muitos jovens em casas de acolhimento, segundo levantamento do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA). Os […]

23 de maio de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Atualmente, mais de 5 mil crianças e adolescentes no Brasil estão aptos para adoção, enquanto cerca de 36 mil famílias estão dispostas a adotar. No entanto, apenas 2,7% dessas famílias aceitam adotar crianças acima de dez anos, deixando muitos jovens em casas de acolhimento, segundo levantamento do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA).

Os desafios da adoção não se limitam apenas à aceitação inicial. A inserção de filhos adotivos em novas famílias e ambientes escolares pode ser complexa. Muitas vezes, as crianças têm dificuldade em compreender o conceito de adoção, especialmente se foram acolhidas na adolescência, e podem não saber como lidar com seus sentimentos e frustrações. Nesse cenário, o diálogo aberto e a paciência são essenciais para fornecer o suporte necessário.

De acordo com Laura Vecchioli do Prado, coordenadora editorial de literatura e informativos da SOMOS Educação, livros infantis e juvenis sobre adoção são ferramentas cruciais para promover empatia e inclusão, discutindo sobre a diversidade familiar, seja em casa ou no ambiente escolar.

“Ao apresentar narrativas que exploram as experiências e emoções envolvidas nesse processo, esses livros não apenas oferecem suporte emocional para crianças adotadas, mas também promovem a compreensão e aceitação por parte de outras que podem não estar familiarizadas com essa realidade”, explica.

Neste contexto, confira quatro obras que abordam o tema da adoção de formas diversas!

1. A Galinha que Criava um Ratinho

Capa do livro "A Galinha que Criava um Ratinho"
“A Galinha que Criava um Ratinho” conta as aventuras de um galo e uma galinha que criam um ratinho (Imagem: Reprodução digital | Editora Ática)

O livro da coleção Barquinho de papel conta as aventuras de um galo e uma galinha que não tinham filhos biológicos, até que um ratinho aparece em suas vidas e conquista o coração do casal de aves. Um dia, a mamãe galinha se vê aflita com a invasão de uma raposa faminta à casa da família. De forma simples e divertida, Ana Maria Machado explica a adoção para crianças de 0 a 5 anos.  

2. Diário ao Contrário

Capa do livro "Diário ao Contrário"
“Diário ao Contrário” narra momentos felizes de Eduardo e é escrito de trás para frente (Imagem: Reprodução digital | Editora COTIDIANO)

Nessa emocionante trama de Sônia Barros, Eduardo narra sua vida em forma de diário pessoal de um jeito inusitado: ele é escrito de trás para frente! Na obra da coleção Entre Linhas e Letras, os momentos e memórias mais felizes do menino são coloridos pelas ilustrações de Roberto Weigand, conduzindo o leitor ao dia 24 de dezembro, quando ele ganhou tudo o que mais queria: uma família.  

3. Ganhei Uma Menina!

Capa do livro "Ganhei Uma Menina!"
“Ganhei Uma Menina!” mostra a história de um cachorro que ganha uma irmãzinha adotada (Imagem: Reprodução digital | Editora Scipione)

Nesse livro da coleção Dó-Ré-Mi-Fá, os autores Tereza Yamashita e Luiz Bras contam a história do cãozinho Quiuí, que vive o melhor da vida junto ao seu casal de estimação, Pedro e Paula. No dia de seu aniversário, o alegre cachorro ganha um presente inesperado: Érica, sua mais nova irmãzinha adotada pelo casal. Agora Quiuí tem com quem compartilhar suas caminhadas, sonecas e brincadeiras! Com humor e leveza, a obra é uma ótima forma de debater o tema da adoção com os pequenos. 

4. A Voz do Silêncio

Capa do livro "A Voz do Silêncio"
“A Voz do Silêncio” nos apresenta a uma professora que adotou uma criança surda e lutou por sua integração (Imagem: Reprodução digital | Editora Diálogo)

O livro de Giselda Laporta Nicolelis nos apresenta Samara, uma professora que vive com o marido e o filho. Ao conhecer Nádia, a filha de sua faxineira, a professora fica muito comovida por sua história: a menina, de apenas 6 anos, é surda de nascença por conta da rubéola que acometeu sua mãe na gravidez e não tem condições de passar por um tratamento adequado. Baseada em uma história real, a emocionante obra narra a história da professora que adotou uma criança surda e lutou por sua integração.

Por Mariany Bittencourt 

Veja Também