Diário Logo

O Diário Logo

4 modalidades de atividade físicas para experimentar

A prática regular de atividade física fortalece o sistema cardiovascular, ajudando a reduzir o risco de doenças cardíacas e hipertensão. Também auxilia no controle do peso corporal, aumenta a massa muscular e a densidade óssea, prevenindo condições como a osteoporose. Além disso, libera endorfinas, conhecidas como hormônios da felicidade, que melhoram o humor e reduzem […]

18 de maio de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

A prática regular de atividade física fortalece o sistema cardiovascular, ajudando a reduzir o risco de doenças cardíacas e hipertensão. Também auxilia no controle do peso corporal, aumenta a massa muscular e a densidade óssea, prevenindo condições como a osteoporose. Além disso, libera endorfinas, conhecidas como hormônios da felicidade, que melhoram o humor e reduzem os sintomas de ansiedade e depressão.

No entanto, com tantas opções de modalidades e esportes disponíveis, como saber qual é a mais adequada para cada pessoa? Felipe Kutianski, especialista em fisiologia do exercício e fundador da plataforma de treinos Onbody, destaca que o primeiro passo para uma escolha acertada é definir claramente os objetivos.

“Cada modalidade de exercício tem suas características específicas de estímulos, biomecânica de movimentos, ações musculares, vias energéticas, entre outras. É preciso ser sincero sobre as metas que se quer atingir antes de sair gastando tempo, dinheiro e energia”, afirma.

1. Crossfit

O crossfit é conhecido por seu foco em treinos de alta intensidade, que combinam elementos de levantamento de peso olímpico, ginástica e cardio, visando de modo geral melhorar a resistência e condicionamento físico.

2. Musculação

A musculação se concentra principalmente no levantamento de pesos para desenvolvimento de massa muscular, força e definição corporal. Um ponto em comum entre o crossfit e a musculação é que ambos ajudam no emagrecimento.

Mulher fazendo treino funcional
O treinamento funcional foca em movimentos multiarticulares (Imagem: MAD_Production | Shutterstock)

3. Treinamento funcional

O funcional se destaca por sua abordagem de movimentos multiarticulares que visam melhorar a estabilidade, mobilidade, equilíbrio e coordenação.

4. Calistenia

A calistenia, por sua vez, utiliza o peso corporal como resistência em uma variedade de exercícios, como flexões, barras e agachamentos, promovendo força, controle corporal e resistência e flexibilidade.

Equilíbrio e orientação

O professor de educação física também alerta sobre a importância de ajustar o volume de treino e evitar os excessos, pois pode resultar em lesões e imunossupressão. “É possível praticar mais de uma dessas modalidades ou a mesma modalidade mais de uma vez por dia facilmente, mas é preciso ter cautela para não ultrapassar os limites do próprio corpo”, destaca.

Segundo Felipe Kutianski, seja qual for a atividade escolhida, o mais indicado é sempre buscar orientação profissional e treinar a modalidade que você melhor se adaptar.

Por Fernanda Glinka

Veja Também