Diário Logo

Notizia Logo

4 paisagens de tirar o fôlego na Islândia

Parece que você está em um filme ou da série Game of Thrones. A Islândia tem tudo para encantar quem ama a natureza: cachoeiras, vulcões, gêiseres, águas termais, cavalos, baleias, montanhas. É impossível não se apaixonar pelas ofertas generosas de passeios lindos e dimensões absurdas. As atrações ficam longe uma das outras, mas a estrada […]

19 de março de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Parece que você está em um filme ou da série Game of Thrones. A Islândia tem tudo para encantar quem ama a natureza: cachoeiras, vulcões, gêiseres, águas termais, cavalos, baleias, montanhas. É impossível não se apaixonar pelas ofertas generosas de passeios lindos e dimensões absurdas. As atrações ficam longe uma das outras, mas a estrada é tão linda que você nem vai perceber. Se não quiser alugar carro, existem empresas que fazem tours de ônibus, van etc. mas sua base vira a capital Reykjavik.

1. Blue Lagoon

Uma dica importante para esse passeio é não deixar de reservar antes, pelo site da Blue Lagoon, bem como agendar o transfer para facilitar. Dá para escolher do pacote mais simples ao mais sofisticado, que inclui almoço ou jantar. Não tem limite de horas para ficar no local, mas acredito que a metade do dia é suficiente para aproveitar bem essa atração. Chegando lá você recebe as instruções de uso do ambiente e tem direito ao banho de lama. Massagens são pagas como extras.

2. Skógafoss

Essa imensa queda d’água é uma das maiores da Islândia e impressiona desde a chegada. Tem 60 metros de altura, e é bem comum observar arco-íris nos dias ensolarados.

Cachoeira de Seljalandsfoss.
A cachoeira encanta todos os visitantes com sua beleza majestosa (Imagem: ON-Photography Germany | Shutterstock)

3. Seljalandsfoss

Essa é outra cachoeira que impressiona muito na região Sul da Islândia. Você consegue andar atrás da queda dela e percebe a dimensão e a altura. Prepare-se para se molhar um pouco!

4. Harpa

Um dos lugares mais lindos no centro de Reykjavik, esse auditório e centro de conferências tem uma das mais belas arquiteturas que já visitei. A entrada é gratuita e ainda tem alguns concertos grátis. Aproveite para circular e conhecer o comércio, os mercados e a igreja Hallgrímskirkja, símbolo da capital.

Por Gabi Procopio – revista Qual Viagem

Viajante compulsiva em busca de novas aventuras e lugares! Esteve em 117 países até o momento e morou em cinco países diferentes.

Veja Também