Diário Logo

O Diário Logo

5 dicas para ajudar a prevenir a influenza

A influenza, também conhecida como gripe, é uma infecção viral altamente contagiosa que afeta o sistema respiratório. Causada pelos vírus da família Orthomyxoviridae, principalmente os tipos A, B e C, a condição manifesta-se por meio de sintomas como febre, dor de garganta, tosse, dores musculares e fadiga. A transmissão da gripe ocorre principalmente por meio […]

6 de maio de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

A influenza, também conhecida como gripe, é uma infecção viral altamente contagiosa que afeta o sistema respiratório. Causada pelos vírus da família Orthomyxoviridae, principalmente os tipos A, B e C, a condição manifesta-se por meio de sintomas como febre, dor de garganta, tosse, dores musculares e fadiga. A transmissão da gripe ocorre principalmente por meio do contato com gotículas respiratórias infectadas, seja diretamente de pessoa para pessoa ou ao tocar superfícies contaminadas.

Segundo o Dr. Bernardo Almeida, diretor médico da Hilab – biotech especialista em análises clínicas –, a vacinação é uma das principais estratégias de prevenção contra a infecção por influenza e suas complicações. “Ao vacinar-se você reduz o risco de doença, mas principalmente reduz risco de formas graves e mortalidade, fatores altamente relevantes para idosos, gestantes e quem possui outras vulnerabilidades”, afirma.

O infectologista explica que há outras medidas que podem ser adotadas para prevenir a contaminação, evitar a explosão de casos ou a gravidade das manifestações clínicas em caso de infecção por influenza. Abaixo, confira algumas delas!

1. Vacinação

Como dito, a vacinação anual contra a gripe é uma das maneiras mais eficazes de prevenir a infecção e suas complicações, especialmente para populações mais vulneráveis.

Mãos lavadas com espuma
Lavar as mãos ajuda a prevenir a influenza (Imagem: KieferPix | Shutterstock)

2. Higienização das mãos

Assim como na época da COVID-19, lavar as mãos frequentemente, com água e sabão, ou usar álcool em gel, pode ajudar a reduzir a disseminação do vírus.

3. Etiqueta respiratória

Ao tossir ou espirrar, é importante cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ou o cotovelo para evitar a propagação do vírus no ar.

4. Evite contato próximo com pessoas doentes

Se estiver doente, com sintomas de gripe, é importante evitar o contato próximo com outras pessoas para evitar a transmissão. O uso de máscaras cirúrgicas ajuda a reduzir a disseminação das partículas virais no ambiente.

5. Limpeza e desinfecção

Manter superfícies e objetos que são frequentemente tocados limpos e desinfectados pode ajudar a reduzir a propagação do vírus, assim como na época do coronavírus.

Por Wendy Oliveira

Veja Também