Diário Logo

O Diário Logo

5 filmes sobre o poder dos esportes na vida das pessoas

Os esportes têm o poder de transformar a vida das pessoas ao promover disciplina, superação, trabalho em equipe e autoestima. A prática esportiva pode abrir portas, oferecer novas oportunidades e ser um catalisador para mudanças positivas, tanto físicas quanto emocionais. Muitos filmes conseguem capturar essa essência e retratar isso de maneira inspiradora. Abaixo, confira 5 […]

2 de julho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Os esportes têm o poder de transformar a vida das pessoas ao promover disciplina, superação, trabalho em equipe e autoestima. A prática esportiva pode abrir portas, oferecer novas oportunidades e ser um catalisador para mudanças positivas, tanto físicas quanto emocionais. Muitos filmes conseguem capturar essa essência e retratar isso de maneira inspiradora.

Abaixo, confira 5 filmes sobre o poder dos esportes na vida das pessoas!

1. Meu nome é Rádio (2003)

Homem segurando um rádio de pilha na mão e com um semblante feliz vestindo uma camisa cinza e um casaco azul
“Meu nome é Rádio” mostra como o esporte ajudou a transformar a vida do jovem Rádio (Imagem: Reprodução digital | Revolution Studios)

Baseado em uma história real, o filme narra a tocante relação entre o treinador Harold Jones (Ed Harris) e James Robert Kennedy, conhecido como “Rádio” (Cuba Gooding Jr.), um jovem com deficiência intelectual. Observando-o sempre sozinho nos arredores da escola, Harold decide se aproximar e incluí-lo no time de futebol. Com o tempo, Rádio se torna uma figura querida, conquistando o respeito dos alunos e da comunidade. A trama aborda temas de inclusão, aceitação e amizade, destacando como a bondade e a paciência do treinador ajudam o jovem a ganhar confiança e a encontrar seu lugar na sociedade.

Onde assistir: Prime Video.

2. Coach Carter – Treino para a vida (2005)

Treinador falando ao time de basquete em uma quadra de basquete
No filme “Coach Carter – Treino para a vida”, Ken Carter muda a história dos jovens que fazem parte do time de basquete (Imagem: Reprodução digital | Paramount Pictures)

A trama é baseada na vida de Ken Carter, interpretado por Samuel L. Jackson, proprietário de uma loja de artigos esportivos, mas assume o papel de treinador na sua antiga escola, Richmond High School, localizada na periferia de Richmond, Califórnia.

Ao enfrentar o baixo desempenho acadêmico e esportivo do time, ele decide implementar um sistema exigente, em que os alunos precisam manter boas notas e um comportamento exemplar para fazer parte do time. Sob a orientação de Carter, a jornada dos jogadores de basquete de Richmond High revela que a verdadeira vitória vai além das quadras, enfatizando a importância da educação e do caráter.

Onde assistir: Prime Video.

3. Um sonho possível (2009)

Mulher lendo um livro para uma criança e um jovem deitados
No filme “Um sonho possível”, Michael recebe o apoio de sua família para realizar o sonho de ser jogador de futebol americano (Imagem: Reprodução digital | Warner Bros. Pictures)

O filme é baseado na história de Michael Oher, interpretado por Quinton Aaron, um jovem sem-teto que encontra apoio em Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock). Ela decide o acolher e ajudá-lo a perseguir seu sonho. Com o incentivo de sua nova família, ele começa a se destacar no futebol americano, atraindo a atenção de recrutadores universitários. O longa destaca não apenas a trajetória esportiva de Michael, mas também a forte ligação que se forma entre ele e sua nova família e como essa mudança impacta positivamente a vida de todos. 

Onde assistir: Prime Video.

4. Invictus (2009)

Dois homens se cumprimentando em um campo de rugby, os dois vestem uniformes verde e amarelo
O filme “Invictus” narra o esforço de Nelson Mandela para unir a África do Sul pós-apartheid (Imagem: Reprodução digital | Warner Bros. Pictures)

O filme narra o esforço de Nelson Mandela (Morgan Freeman), recém-eleito presidente, para unir a África do Sul pós-apartheid. Ele vê no esporte um meio de reconciliar a população e, com François Pienaar (Matt Damon), capitão do time de rugby sul-africano, decide apoiar a equipe durante a Copa do Mundo de Rugby de 1995, realizada na África do Sul. Embora considerada uma equipe mediana, os Springboks se tornam um símbolo de esperança e unidade para o país. O longa explora temas de liderança, perdão e a capacidade do esporte de transcender barreiras sociais e políticas.

Onde assistir: Max.

5. Mais forte que o mundo – A história de José Aldo (2016)

Homem dentro do ringue de luta com o rosto machucado e um semblante determinado
Em “Mais forte que o mundo – A história de José Aldo”, acompanhamos a trajetória do campeão de MMA (Imagem: Reprodução digital | Globo Filmes e DOWNTOWN FILMES)

O filme retrata a trajetória do lutador brasileiro José Aldo, interpretado por José Loreto, desde sua infância difícil em Manaus, em que enfrentou violência doméstica e viveu nas ruas, até sua determinação em mudar seu destino ao se mudar para o Rio de Janeiro. Lá, ele encontra em Dedé Pederneiras, interpretado por Rafinha Bastos, um mentor que o ajuda a canalizar sua força e talento para o MMA. Superando inúmeros obstáculos, Aldo alcança o status de campeão mundial da modalidade, destacando sua resiliência e inspirando muitos ao redor do mundo.

Onde assistir: Netflix. 

Veja Também