Diário Logo

O Diário Logo

5 fragrâncias que promovem saúde e bem-estar

O olfato desempenha um papel fundamental na percepção do ambiente, na interação social e na influência direta sobre as emoções e memórias. Assim, os aromas têm um poderoso efeito sobre o bem-estar emocional e psicológico. Eles podem, por exemplo, melhorar o humor e proporcionar uma sensação de relaxamento e conforto. Por isso, incluir determinadas fragrâncias […]

20 de junho de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

O olfato desempenha um papel fundamental na percepção do ambiente, na interação social e na influência direta sobre as emoções e memórias. Assim, os aromas têm um poderoso efeito sobre o bem-estar emocional e psicológico. Eles podem, por exemplo, melhorar o humor e proporcionar uma sensação de relaxamento e conforto. Por isso, incluir determinadas fragrâncias no dia a dia pode ser benéfico.

“O olfato está diretamente ligado ao sistema límbico, a parte do cérebro relacionada na modulação de nossas memórias e emoções. Um cheiro específico pode nos transportar instantaneamente para uma lembrança da infância ou trazer sentimentos de conforto e segurança. Portanto, os cheiros não apenas enriquecem nossas experiências diárias, mas também têm o poder de moldar nosso bem-estar psicológico”, explica Theo Bibancos, neurocientista, perfumista especializado em psicologia olfativa e líder de fragrâncias da Yapuana, comunidade inovadora de bem-estar e impacto social e ambiental.

A seguir, o especialista lista algumas fragrâncias que podem te ajudar a se sentir melhor. Veja!

1. Lavanda

Algumas espécies de lavanda são amplamente reconhecidas por suas propriedades relaxantes. O cheiro da Lavanda angustifolia, por exemplo, pode ajudar a reduzir a ansiedade e melhorar o humor. Uma pesquisa publicada no Journal of Alternative and Complementary Medicine mostrou que a lavanda pode diminuir a pressão arterial e a frequência cardíaca, promovendo a sensação de calma.

“A lavanda tem propriedades calmantes que afetam o sistema nervoso autônomo, responsável por regular funções involuntárias do corpo, como a respiração e a frequência cardíaca. Estudos demonstram que a inalação do cheiro de lavanda pode reduzir os níveis de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse”, explica Theo Bibancos.

Dessa maneira, o cheiro da planta pode ajudar a aliviar a ansiedade e promove uma sensação de relaxamento. “Essa ação sobre o sistema nervoso autônomo faz com que a lavanda seja amplamente utilizada em práticas de aromaterapia para melhorar o bem-estar e a qualidade do sono”, acrescenta.

2. Eucalipto

O Eucalipto globulus é conhecido por suas propriedades revigorantes e por melhorar a respiração. Um estudo da Respiratory Care Journal indica que o óleo dessa planta pode ajudar a aliviar sintomas de resfriado e o congestionamento nasal, além de auxiliar na melhora da concentração e da energia.

Potinho com óleo essencial e hortelã-pimenta ao fundo
O óleo essencial de hortelã-pimenta ajuda a melhorar a concentração (Imagem: Tatevosian Yana | Shutterstock)

3. Hortelã-pimenta

A hortelã-pimenta é frequentemente utilizada para aumentar a energia e melhorar a concentração. Um estudo da International Journal of Neuroscience mostrou que a inalação de óleo essencial dessa planta pode melhorar significativamente a memória e o estado de alerta. 

“A hortelã-pimenta tem um efeito estimulante sobre o cérebro, especialmente na área responsável pela vigília e pelo foco. O cheiro dessa planta pode aumentar a atividade cerebral, melhorando a concentração, a clareza mental e o desempenho cognitivo”, explica Theo Bibancos.

Segundo ele, esse aroma também age como um revigorante natural, ajudando a combater a fadiga. “Por isso, é uma excelente opção para momentos de baixa energia ou quando precisamos de um impulso extra para realizar tarefas que exigem atenção e concentração”, comenta.

4. Rosa damascena

O cheiro da rosa é tradicionalmente associado ao amor e à felicidade. Pesquisas mostram que a fragrância de rosa damascena pode ter efeitos antidepressivos. Um estudo publicado no Journal of Physiological Anthropology concluiu que a inalação de óleo da planta pode ajudar a reduzir sintomas de depressão e melhorar o bem-estar emocional.

5. Bergamota

Estudos publicados no Complementary Therapies in Medicine e Journal of Nursing Research demonstram que a fragrância cítrica da bergamota pode reduzir o estresse psicológico, aliviar sintomas de depressão e aumentar a qualidade do sono e do levantar.

Por Paula Oliveira

Veja Também