Diário Logo

Notizia Logo

5 grandes filmes sobre discriminação racial

Filmes que abordam a discriminação racial oferecem uma perspectiva crítica das disparidades sociais e batalhas enfrentadas por comunidades marginalizadas. Eles destacam tanto as experiências individuais quanto coletivas de racismo, revelando a injustiça e a intolerância que permeiam a sociedade. Ao tratar de questões delicadas como segregação, brutalidade policial e preconceito institucionalizado, esses longas incentivam os […]

22 de março de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

Filmes que abordam a discriminação racial oferecem uma perspectiva crítica das disparidades sociais e batalhas enfrentadas por comunidades marginalizadas. Eles destacam tanto as experiências individuais quanto coletivas de racismo, revelando a injustiça e a intolerância que permeiam a sociedade. Ao tratar de questões delicadas como segregação, brutalidade policial e preconceito institucionalizado, esses longas incentivam os espectadores a pensarem sobre temas de justiça, igualdade e diversidade.

Abaixo, confira 5 indicações de filmes que abordam sobre a discriminação racial!

Cena do filme Django livre com dois atores se olhando
“Django livre” mostra a história de um escravo recém-liberto (Imagem: Reprodução digital | Netflix)

1. Django Livre (2012)

Dirigido por Quentin Tarantino, “Django Livre” se desenrola no sul dos Estados Unidos, antecedendo a Guerra Civil, e segue a jornada de Django (Jamie Foxx), um escravo recém-liberto que se torna caçador de recompensas com a ajuda de King Schultz (Christoph Waltz), um caçador alemão.

Juntos, eles embarcam em uma busca por criminosos, prometendo a Django não apenas sua liberdade, mas também a oportunidade de resgatar sua esposa ainda escravizada em uma cruel plantação comandada por Calvin Candie (Leonardo DiCaprio).

O filme explora temas como escravidão, vingança e justiça, apresentando diálogos perspicazes e cenas de ação intensas. Aclamado pela crítica, “Django Livre” ganhou dois Oscars e é elogiado por sua narrativa envolvente e performances marcantes.

Onde assistir: Netflix, Prime Vídeo e Globo Play.

pessoas negras fazendo trabalho forçado
Em “12 anos de escravidão”, vemos a história do violinista Solomon, capturado como escravo (Imagem: Reprodução digital | Prime Video)

2. 12 anos de Escravidão (2013)

“12 Anos de Escravidão” ganhou o Oscar de Melhor Filme em 2014 e narra a história de Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um violinista que vive em harmonia com sua família. Sua vida muda drasticamente quando ele aceita uma oferta de emprego que o leva para outra cidade, onde é sequestrado e vendido como escravo, retomando uma vida de servidão.

Em cenas intensas, o protagonista enfrenta humilhações físicas e emocionais para sobreviver até sua eventual liberdade. O filme destaca a importância de abordar a história da escravidão e os horrores vivenciados durante esse período sombrio da humanidade.

Onde assistir: Prime Video. 

Mulher negra cantando
O documentário “What Happened, Miss Simone?” narra a história de luta da cantora Nina Simone (Imagem: Reprodução digital | Netflix)

3. What happened, Miss Simone? (2015)

O documentário original da Netflix apresenta materiais exclusivos, incluindo gravações e diários que revelam a vida da renomada cantora Nina Simone. O filme foi indicado ao Oscar em 2015. Ao longo da produção, testemunhamos não apenas o talento da artista, mas também sua dedicação à luta pelos direitos civis dos negros. 

Além disso, suas músicas não só refletem a realidade da comunidade negra, mas também abordam os ataques que enfrentavam. Nina era frequentemente alvo de críticas por parte de pessoas brancas e pela mídia da época. Contudo, ela se tornou uma referência de defesa dos direitos humanos. 

Onde assistir: Netflix. 

Homem negro com uma placa na mão onde está escrito "Eu sou o próximo?"
O documentário “13º Emenda” aborda a emenda à Constituição dos Estados Unidos que aboliu a escravidão (Imagem: Reprodução digital | Netflix)

4. 13ª emenda (2016)

O documentário aborda a 13ª emenda à Constituição dos Estados Unidos, que aboliu a escravidão, e examina como ela foi utilizada para manter a opressão racial e sustentar o sistema prisional do país. Além disso, o filme apresenta entrevistas com especialistas, ativistas e personalidades públicas, fornecendo dados sobre a criminalização da comunidade negra e como as políticas governamentais contribuem para esse fenômeno.

Onde assistir: Netflix. 

Três mulheres negras com roupa de época andando
O filme “Estrelas além do tempo” acompanha um grupo de funcionárias negras da Nasa que enfrentam preconceitos no trabalho (Imagem: Reprodução digital | Disney+)

5. Estrelas além do tempo (2017)

O filme “Estrelas Além do Tempo” se desenrola no contexto do período da Guerra Fria, em que Estados Unidos e União Soviética competem acirradamente na corrida espacial. Enquanto isso, a sociedade americana enfrenta uma profunda divisão racial entre brancos e negros. 

No enredo, acompanhamos um grupo de funcionárias negras da NASA designadas a trabalhar em áreas segregadas. Apesar das adversidades e do preconceito que enfrentam, elas demonstram determinação em superar os desafios. Essas mulheres se tornam peças-chave no processo que culmina na histórica missão de levar o homem à Lua, em 1969.

Onde assistir: Disney Plus.

Veja Também