Diário Logo

O Diário Logo

7 benefícios da prancha abdominal

A prancha abdominal é um exercício simples, porém altamente eficaz, que tem ganhado destaque nos programas de treinamento físico. A prática consiste em manter o corpo em uma posição estática, apoiado nos antebraços e nos dedos dos pés, fortalecendo diversos grupos musculares essenciais. Mas essa é apenas uma de suas funções, que vão além da […]

10 de abril de 2024

Reportagem de: Edicase Conteúdo

A prancha abdominal é um exercício simples, porém altamente eficaz, que tem ganhado destaque nos programas de treinamento físico. A prática consiste em manter o corpo em uma posição estática, apoiado nos antebraços e nos dedos dos pés, fortalecendo diversos grupos musculares essenciais. Mas essa é apenas uma de suas funções, que vão além da estética.

A seguir, confira 7 benefícios da prancha abdominal e por que você deve incluí-la na sua rotina de exercícios!

1. Fortalece o core

O core, composto por músculos abdominais, lombares e pélvicos, é responsável por fornecer estabilidade e suporte. Ao realizar a prancha, esses músculos são ativados para manter o corpo em uma posição estável, o que ajuda a fortalecê-los ao longo do tempo.

“O core fortalecido aumenta a potência e aprimora a eficiência dos movimentos. Com o equilíbrio potencializado, o risco de lesões diminui gradativamente e, além disso, [o core fortalecido] proporciona melhorias notáveis no sistema nervoso e cooperante muscular”, explica o fisioterapeuta Bernardo Sampaio.

2. Reduz o risco de lesões na coluna

Ao fortalecer os músculos estabilizadores do tronco, como os abdominais profundos, os oblíquos e os músculos das costas, a prancha melhora a estabilidade e o suporte ao redor da coluna vertebral. Isso ajuda a distribuir melhor a carga durante atividades físicas e movimentos do dia a dia, reduzindo a pressão sobre as articulações e diminuindo o risco de lesões, especialmente nas costas.

3. Melhora a flexibilidade

Embora a prancha abdominal seja conhecida por fortalecer os músculos do core, ela também melhora a flexibilidade. Isso porque, durante a execução do exercício, os músculos ao redor das articulações dos ombros, da coluna vertebral e dos quadris são alongados e ativados, resultando em uma maior flexibilidade nessas áreas.

“Músculos tonificados e flexíveis têm uma capacidade maior de se estender e contrair, o que favorece a amplitude de movimento e a agilidade do corpo”, afirma o Dr. David Gusmão, ortopedista e especialista em quadril.

4. Favorece o equilíbrio

Ao fortalecer os músculos do core, incluindo os abdominais, os músculos das costas e os músculos estabilizadores ao redor da coluna vertebral, a prancha contribui para melhor estabilidade e controle do corpo. Além disso, ajuda a melhorar a consciência corporal, à medida que você se concentra em manter uma posição adequada e alinhada durante o exercício.

Mulher fazendo prancha lateral
A prancha fortalece os músculos do abdômen, criando uma aparência mais tonificada (Imagem: G-Stock Studio | Shutterstock)

5. Aumenta a definição do abdômen

Fazer prancha fortalece os músculos abdominais profundos, incluindo, segundo Benjamin Apter, médico especialista em medicina esportiva, os músculos retos do abdômen e os oblíquos do lado direito e esquerdo. Quando tais músculos estão mais desenvolvidos, criam uma aparências tonificada e definida na região abdominal.

6. Estimula a saúde mental

Ao fazer prancha regularmente, o corpo libera endorfinas, hormônios que promovem a sensação de bem-estar. Além disso, a atividade requer concentração e foco para manter a posição correta, o que ajuda a distrair a mente. “Uma pessoa que pratica exercícios tem sua autoestima aumentada, reduz ansiedade e estresse e aumenta a sensação de bem-estar”, afirma o educador físico Ângelo Márcio.

7. Queima calorias

Embora não seja tão eficiente quanto algumas atividades mais intensas, a prancha é um exercício isométrico, o que significa que mantém uma posição estática por um período prolongado. Isso faz com que o corpo engaje vários grupos musculares para manter a posição, gastando calorias.

Veja Também